Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Brasileiros trocam farpas com McGregor após revés do irlandês

Esportes

Mark J. Rebilas|USA Today Sports

Esportes

Lutas

Brasileiros trocam farpas com McGregor após revés do irlandês

José Aldo e Rafael dos Anjos são criticados por McGregor no UFC

0

O Estado de S. Paulo

07 Março 2016 | 10h38

Como já era de se esperar, o clima esquentou entre os lutadores do UFC após a derrota de Conor McGregor para o norte-americano Nate Diaz na madrugada de sábado para domingo. Marcado por declarações polêmicas, o irlandês trocou farpas com os brasileiros José Aldo e Rafael dos Anjos após o UFC 196.

Aldo, que perdeu o cinturão dos pesos-penas para McGregor ao ser nocauteado em 13 segundos, foi ao Instagram logo depois do combate deste fim de semana para pedir uma revanche. "Conor, te espero no UFC 200. Teu sonho de Cinderela acabou hoje, agora não tem mais como você correr da revanche!", disparou.

Após o confronto, o irlandês foi às redes sociais para cutucar, além de José Aldo, Rafael dos Anjos, lembrando as recentes lesões dos dois brasileiros antes de lutas marcadas contra ele. No ano passado, o cinturão dos penas deveria ter sido disputado no UFC 189, mas foi adiado para o 194 após contusão de Aldo. No evento deste fim de semana, Dos Anjos deveria ter sido o rival de McGregor na disputa do cinturão dos leves (que poderia fazer do irlandês campeão em duas categorias), mas o brasileiro quebrou o pé 13 dias antes do combate.

"Aldo, você é um marica. Dos Anjos, você é um marica. Quando os livros de história foram escritos, eu apareci. Vocês apareceram no Twitter", publicou McGregor, que já havia concentrado fogo em José Aldo na entrevista coletiva do UFC pós-combate. "Ele (Aldo) era a primeira opção, poderia estar aqui, mas não lutou, mesmo dizendo que me enfrentaria em qualquer hora, qualquer local. Comemorar derrota de outra pessoa é uma atitude de perdedor, e não de um campeão."

As declarações do irlandês não passaram em branco para Aldo, que detonou o rival em um programa do canal SporTV na noite deste domingo. "Acho que foi uma alegria para os brasileiros (...) Parecia criança, apanhando de tapa", disse o manauara, que ainda comentou uma possível revanche. "Não tem como fugir disso. Essa é a expectativa de todo mundo."   

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.