Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Cara de Sapato faz a festa da torcida em vitórias brasileiras no UFC São Paulo

Lutador é o destaque do card preliminar, que teve ainda grande show de Elizeu Capoeira

Andreza Galdeano e Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

29 Outubro 2017 | 00h07

Com apenas uma derrota brasileira, o card preliminar do UFC São Paulo agitou os fãs no Ginásio do Ibirapuera, neste sábado. Quem roubou a cena foi Antônio Cara de Sapato, que subiu ao octógono ovacionado pela torcida e não decepcionou. Ainda no primeiro round, o paraibano conquistou a vitória sobre Jack Marshman por finalização e garantiu o quarto triunfo consecutivo dentro do Ultimate.

+ Conheça a preparação de Lyoto Machida para o UFC

O resultado pode dar a chance para Sapato entrar no ranking da organização e ele garante: "Eu sei que estou pronto para qualquer desafio e podem ter certeza que eu vou dar o meu melhor. Muitos ídolos já estão se aposentando, eu estou aqui para pegar esse bastão", avisou.

 

Com show de finalizações no card, Vicente Luque foi outro brasileiro que conquistou uma vitória arrasadora. Ele derrotou Niko Price e deixou o seu recado: "Eu quero grandes lutas", comentou o atleta.

No duelo entre os pesados, o estreante Marcelo Golm não deu chances para Christian Colombo. No primeiro assalto, ele levou o combate para o chão e finalizou o dinamarquês, garantindo a sua primeira vitória. "Eu me preparei muito para essa luta, sabia que era a minha estreia e eu estava preparado para isso", contou.

A sorte brasileira continuou durante as outras lutas da noite. Elizeu Capoeira levou os fãs ao delírio, acertando bons golpes na trocação com Max Griffin. Abatido após o primeiro assalto, o rival ainda continuou vivo na disputa e conseguiu igualar o combate no segundo round, mas não manteve o rendimento e a festa verde e amarela rendeu dentro do ginásio.

Com provocações e brincadeiras, Deiveson Alcântara e Jarred Brooks entraram no octógono prontos para dar um show. No combate, o americano evitou as trocações, abusou do jogo de quedas e foi superior, mas não convenceu os juízes, que declararam mais uma vitória do Brasil. Feliz com o seu desempenho, o lutador dedicou o resultado para a família e prometeu um espetáculo mairo em seu próximo desafio.

 

A única derrota no card preliminar ocorreu na disputa entre Hacran Dias e Jared Gordon. O americano exibiu agressividade durante os três assaltos do duelo. Já o brasileiro, que contou com o apoio de José Aldo em seu córner, tentou resistir mas não evitou o revés.

Confira os resultados do card preliminar:

Vicente Luque venceu Niko Price por finalização

Antônio Carlos Cara de Sapato venceu Jack Marshman por finalização

Hacran Dias perdeu para Jared Gordon por decisão dos juízes 

Elizeu Capoeira venceu Max Griffin por decisão dos juízes 

Deiveson Alcântara venceu Jarred Brooks por decisão dos juízes

Marcelo Golm venceu Christian Colombo por finalização no primeiro round

Mais conteúdo sobre:
UFC [Ultimate Fighting Championship]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.