Wilton Junior/ Estadão
Wilton Junior/ Estadão

Brasileiro fala sobre combate com Khabib: 'É só mais um adversário'

Edson Barboza encara adversário invicto no UFC 219 e espera conquistar a vitória para disputar cinturão

Entrevista com

Edson Barboza

Andreza Galdeano, O Estado de S.Paulo

29 Dezembro 2017 | 07h02

Vai ser divertido. Foi assim que Edson Barboza definiu o seu próximo desafio dentro do octógono. O brasileiro encara o invicto Khabib Nurmagomedov neste sábado, no UFC 219, em Las Vegas, nos Estados Unidos.  

+ Esquiva Falcão luta em março nos EUA antes de combate válido por cinturão mundial

Ocupando a quarta colocação no ranking dos pesos leve, Edson pretende conquistar a vitória para ser o próximo desafiante ao título. Mesmo sem um futuro definido da divisão, já que Conor McGregor e Tony Ferguson ainda precisam lutar pela unificação do cinturão, o brasileiro sonha.  

A tarefa não será fácil, pois ele terá pela frente um oponente que tem 24 vitórias em 24 lutas no MMA. Mas Edson Barboza vê isso apenas como um detalhe: "É só mais uma luta e só mais um adversário. Um desafio igual a todos os outros que eu já enfrentei", diz.

Como está a expectativa e a preparação para enfrentar o Khabib?

A expectativa é a melhor possível e a preparação foi ótima. Eu realizei algumas semanas de camp com parceiros de treino de alto nível e isso me deixou muito preparado para a luta.

Qual o maior desafio de enfrentar o Khabib? 

Não existe maior ou menor desafio. É só mais uma luta e só mais um adversário. Um desafio igual a todos os outros que eu já enfrentei.

A divisão dos leves ainda precisa ser unificada. O que você acha que vem a seguir caso você conquiste a vitória?

Se eu vencer eu quero a minha chance pelo cinturão. Acho que ganhando este combate sem dúvidas vou ter essa oportunidade.  Acredito e torço para que isso aconteça.

Como você acha que uma vitória ou uma derrota pode impactar o seu futuro na divisão?

Acho que se eu ganhar sem dúvida vou estar mais perto do cinturão, mas continua tudo a mesma coisa no final do dia. Sempre quando eu ganho ou perco eu volto para academia para treinar.

Por enfrentar um adversário que está invicto a pressão é maior?

A pressão é normal. Independentemente do Khabib estar invicto ou não, é só mais um adversário. Não importa.

O Khabib é muito conhecido pelo seu jogo de quedas. Tem alguma estratégia?

Eu sou um dos melhores defensores de queda que tem na categoria, então vai ser divertido. Provavelmente ele vai tentar me derrubar e eu vou tentar sair, mas não treinei nada específico e sei que eu estou pronto.

Por ter passado esses anos todos sem perder, o Khabib ficou com a fama de "indestrutível". Acha que pode pará-lo?

Eu sei que eu posso vencer qualquer lutador e ele não é diferente.

Você tem medo de ser afetado pela falta de ritmo de estar no octógono? 

Estou sem lutar desde março, mas eu sou um atleta então mantenho a forma para lutar sempre e acredito que esse tempo fora não faz diferença.

Qual o próximo lutador que pretende encarar?

O campeão para mim é o Tony Ferguson, então eu quero lutar com ele mais uma vez. Tenho preferência por essa revanche.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.