1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
UFC

Nate Diaz finaliza McGregor no UFC; Miesha Tate bate Holm

- Atualizado: 06 Março 2016 | 10h 41

Favoritos são finalizados por rivais nas principais lutas da noite

O UFC 196 aconteceu na noite do último sábado em Las Vegas e reservou algumas surpresas para os fãs de MMA. O falastrão Conor McGregor foi surpreendido por Nate Diaz e acabou finalizado no segundo round do confronto principal. Já Miesha Tate destronou Holly Holm e faturou o cinturão do peso-galo entre as mulheres.

Na principal atração da noite, McGregor viu sua "aura" de invencível ir por água abaixo ao cair diante de Nate Diaz. Vale lembrar que a derrota não tira o cinturão do irlandês, uma vez que ele aceitou subir duas categorias de uma só vez para enfrentar o norte-americano nos meio-médios.

Inicialmente, McGregor desafiaria o brasileiro Rafael dos Anjos pelo cinturão dos leves, mas o atual campeão da categoria sofreu uma lesão e não pôde disputar o combate. Às pressas, Nate Diaz foi convidado e aceitou o deságio de encarar o irlandês. E as duas semanas que teve para treinar não pareceram atrapalhá-lo no sábado.

Falastrão, McGregor foi surpreendido por Nate Diaz
Falastrão, McGregor foi surpreendido por Nate Diaz

A luta até começou melhor para McGregor, que castigou o adversário com golpes potentes no primeiro assalto. Mas Diaz não se abalou, manteve a estratégia e mostrou qualidade no chão para definir a vitória. O norte-americano aproveitou uma brecha do adversário, que se virou de costas para ele, para aplicar um mata-leão e triunfar.

"Eu não estou surpreso. Você tem que estar pronto para enfrentar qualquer um a qualquer momento. Quero agradecer a todos pelo apoio, e agradecer também ao McGregor por aceitar a luta", disse Diaz. "Tem um novo rei por aqui", completou.

Entre as mulheres, Miesha Tate finalmente alcançou o cinturão do peso-galo. Depois de cair diante de Ronda Rousey na primeira vez que disputou o título, a norte-americana esperou sua chance de voltar à briga e finalizou a então campeã Holly Holm já no quinto assalto para vencer.

Holm já havia assombrado o mundo do MMA ao vencer a então "imbatível" Rousey, mas não resistiu à estratégia de Tate. A desafiante impediu a vantagem da adversária na troca de golpes em pé e tentou levar a luta para o chão quando pôde. Foi assim, já no fim do combate, que encontrou espaço para aplicar um mata-leão e "apagar" a rival.

Miesha Tate finaliza Holly Holm no UFC
Miesha Tate finaliza Holly Holm no UFC

BRASILEIROS

A noite em Las Vegas também contou com brasileiros no octógono. No card principal, Amanda Nunes conseguiu sua quinta vitória no UFC ao bater Valentina Shevchenko por decisão unânime. Agora, a brasileira espera ter uma oportunidade de brigar pelo cinturão no peso-galo.

Já no card preliminar, Vitor Miranda derrotou o também brasileiro Marcelo Guimarães por nocaute técnico no segundo round, após acertar belo chute na cabeça. Erick Silva, por sua vez, não resistiu a Nordine Taleb e acabou derrotado por nocaute também no segundo round.

UFC
Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX