1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
UFC

Rafael dos Anjos garante que não vai cair no 'joguinho de criança' de Conor McGregor

- Atualizado: 21 Janeiro 2016 | 22h 42

Brasileiro, campeão dos leves do UFC, diz que vai responder provações do falastrão irlandês dentro do octógono

Rafael dos Anjos está focado. O campeão dos leves do UFC está decidido a ignorar as provocações do falastrão Conor McGregor, atual campeão dos penas e seu desafiante no UFC 197, e deixar para responder um dos 'queridinhos' de Dana White apenas dentro do octógono, dia 5 de março, em Las Vegas, nos EUA.

"Eu vou chegar lá e acabar com a festa dele. Ele está todo confiante, no clima de já ganhei, já ganhei... Acho que ele não tem noção do que vai enfrentar. Ele acha que porque ganhou dois cinturões em um evento na Irlanda, que vai fazer a mesma coisa no UFC", disse o brasileiro ao Estado.

Rafael dos Anjos não aperta a mão de Conor McGregor durante coletiva do UFC 197

Rafael dos Anjos não aperta a mão de Conor McGregor durante coletiva do UFC 197

Depois de destronar José Aldo nos pesos-penas, McGregor teve uma autorização do chefão do UFC para disputar o cinturão de outra categoria, sem ao menos defender uma vez o título que conquistou há pouco mais de um mês. Se ganhar, o irlandês será o primeiro lutador campeão em categorias diferentes ao mesmo tempo no Ultimate.

"Quando me perguntam por que Conor teria dois cinturões, é que ele simplesmente fez tudo que prometeu. Apesar do atraso na coletiva, fez tudo que disse que faria desde o dia que chegou. Falou que lutaria quatro vezes no ano, ele realmente gosta de dinheiro e acredito que ele vá fazer isso. Então estou acreditando nele", se explicou White em coletiva realizada na última quarta-feira.

Rafael dos Anjos se tornou campeão dos leves em junho de 2015, ao derrotar Anthony Pettis

Rafael dos Anjos se tornou campeão dos leves em junho de 2015, ao derrotar Anthony Pettis

No mesmo evento, McGregor chegou atrasado, disse que o brasileiro 'não vende pacote de TV', e, por várias vezes, interrompeu o brasileiro em suas respostas. "Como eu disse antes, se ele lutar com o José Aldo 10 vezes, ele vai perder em nove. Ele é um 'trash talk' (que em tradução literal seria 'falador do lixo', mas que também é usado em inglês para descrever uma pessoa provocadora, que fala muita 'besteira') e eu sou o 'I talk the True' (Eu falo a verdade). Ele deixa um caminho de lixo quando fala. Eu vou chegar no dia 5 de março e mandá-lo para o lugar da onde ele veio", respondeu Dos Anjos nesta quinta-feira.

Não cair nesse tipo de provocação foi algo que Rafael acabou absorvendo da luta entre Aldo e McGregor, que durou apenas 13 segundos. Depois de uma longa promoção da edição 189 do evento, o manauara acabou sofrendo uma lesão e teve que ficar outro longo período ouvindo as gozações de McGregor.

"Esse joguinho de criança não funciona comigo. Com o Aldo acabou sendo pior, ele passou por isso por um período mais longo. Para mim faltam apenas seis semanas e acho que passará rápido. Na quarta, ele (McGregor) ficou tentando me atrapalhar na coletiva, me atrapalhando na hora de falar, não tendo educação, querendo roubar o show para ele. É o estilo dele. Mas eu vou deixar para falar alto no dia da luta", finalizou Dos Anjos.

UFC
Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX