Reprodução/ CBJ
Reprodução/ CBJ

Sarah Menezes e mais seis judocas estreiam neste sábado no Grand Slam de Paris

Medalha de ouro em Londres-2012, brasileira fará primeira luta contra a mexicana Edna Carillo

Estadão Conteúdo

09 Fevereiro 2018 | 20h18

A seleção brasileira de judô disputará neste final de semana o Grand Slam de Paris, que garante ao vencedor mil pontos no ranking. A campeã olímpica Sarah Menezes e mais seis atletas lutarão a partir das 7 horas (de Brasília) deste sábado.

+ Judocas do Brasil conquistam prata e bronze no último dia do Grand Prix de Túnis

+ Tudo sobre esportes

A organização do torneio divulgou nesta sexta-feira os confrontos iniciais. Medalha de ouro em Londres-2012, Sarah Menezes fará sua primeira luta na categoria -48kg contra a mexicana Edna Carillo, que tem como melhor resultado da carreira a medalha de bronze nos Jogos pan-americanos de Toronto-2015.

Também entrarão no tatame neste sábado Jéssica Pereia (52kg), Eleudis Valentim (52kg), Ketleyn Quadros (63kg), Phelipe Pelim (60kg), Felipe Kitadai (60kg) e Charles Chibana (66kg). No domingo, o Brasil será representado por Samanta Soares (78kg), Camila Yamakawa (+78kg), Rochele Nunes (+78kg), Rafael Buzacarini (100kg), Eduardo Bettoni (90kg), Victor Penalber (81kg) e Leandro Guilheiro (81kg).

Guilheiro é o único da equipe que já conquistou o título do Grand Slam de Paris, em 2010, quando derrotou o georgiano Levan Tsiklauri na final. Curiosamente, na estreia deste anos, ele terá outro georgiano pela frente. Em sua estreia, lutará contra Nugzari Tatalashvili.

"Lembro que meu judô estava fluindo muito bem naquele dia. Consegui executar minhas melhores técnicas e tudo aconteceu como eu queria. Desloquei minha mandíbula na terceira luta e tive uma lesão no joelho na final. Não podia comer nem andar direito por dias, mas, definitivamente, valeu a pena", recordouo brasileiro em entrevista ao site da Federação Internacional de Judô.

O Brasil teve ainda outros três campeões do Grand Slam de Paris: Edinanci Silva, em 2000, quando a competição ainda se chamava Tournoi de Paris. Em 2006, João Derly levou o título entre os meio-leves (66kg). E Mayra Aguiar é a única brasileira bicampeã (2012 e 2016), ambos em cima da americana Kayla Harrison.

Mais conteúdo sobre:
Sarah Menezes Judô

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.