Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Sarah Menezes perde, mais 5 caem e Brasil abre sem pódios o Grand Slam de Paris

Melhor resultado do País na abertura da competição foi o quinto lugar de Phelipe Pelim na categoria ligeiro

Estadão Conteúdo

10 Fevereiro 2018 | 16h30

Nenhum dos seis representantes do judô do Brasil que foram para o tatame neste sábado, entre os quais a campeã olímpica Sarah Menezes, conseguiu subir ao pódio no primeiro dia do Grand Slam de Paris. O melhor resultado do País na abertura da competição foi o quinto lugar de Phelipe Pelim na categoria ligeiro (até 60kg), sendo que ele foi o único brasileiro a ter avançado à disputa por medalhas.

+Sarah Menezes e mais seis judocas estreiam neste sábado no Grand Slam de Paris

+ Tudo sobre esportes

Ouro nos Jogos de Londres-2012, Sarah Menezes estreou com uma vitória sobre a mexicana Edna Carrillo por ippon, mas na luta seguinte acabou sendo superada pela revelação ucraniana de 17 anos Daria Bilodid, campeã europeia e que também faturou o ouro na categoria até 48kg, neste sábado, em Paris.

Sarah deu adeus à luta pelo pódio na capital francesa ao sofrer três punições da arbitragem por falta de competitividade, o que provocou o ippon contra ela neste combate válido pelas oitavas de final. Apenas Pelim, por sinal, conseguiu passar das oitavas entre os brasileiros que foram para o tatame neste sábado.

Em sua campanha, o judoca estreou derrotando o francês Vincent Limare, por um wazari, para avançar às quartas de final. Em seguida, o brasileiro passou pelo georgiano Lukhumi Chkhvimiani após forçar o rival a cometer três punições e consequentemente receber o ippon.

Assim, Pelim foi às semifinais, fase em que chegou a se ver perto da vitória após o usbeque Sharafuddin Lutfillaev receber duas penalidades. Porém, o seu rival conseguiu encaixar o golpe perfeito para finalizar o brasileiro por ippon. Assim, Pelim teve de se contentar com a briga pelo bronze, mas também não teve sucesso ao ser batido pelo britânico Ashley Mackenzie, também por ippon, e ficou sem medalha.

Além de Sarah e Pelim, outros quatro judocas do Brasil lutaram neste sábado, mas todos caíram já na estreia e foram eliminados. Foram eles: Jéssica Pereira (52kg), Eleudis Valentim (também da categoria 52kg), Ketleyn Quadros (63kg) e Charles Chibana (66kg).

Jéssica foi superada pela francesa Astride Gneto, enquanto Valentim caiu diante da campeã mundial júnior Uta Abe, do Japão, e que também foi finalista em Paris. Já Chibana e Ketleyn foram batidos pelos chineses Zhiqiang Wu e Cuijuan Shi, respectivamente.

Após o dia de decepções amargado neste sábado, o Brasil contará com mais sete judocas lutando neste domingo no Grand Slam do Paris: Samanta Soares (78kg), Rochele Nunes (+78kg), Camila Yamakawa (+78kg), Victor Penalber (81kg), Leandro Guilheiro (81kg), Eduardo Bettoni (90kg) e Rafael Buzacarini (100kg).

Mais conteúdo sobre:
Sarah Menezes Judô

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.