Ettore Ferrari/EFE
Ettore Ferrari/EFE

Após chuva suspender duelo, Djokovic bate Del Potro e vai à semifinal em Roma

Tenistas iniciaram duelo na noite desta sexta-feira e terminaram neste sábado com vitória do sérvio número 2 do mundo

Estadao Conteudo

20 Maio 2017 | 10h14

O sérvio Novak Djokovic está na semifinal do Masters 1000 de Roma. Em jogo suspenso pela chuva na última sexta-feira e reiniciado na manhã deste sábado (horário de Brasília), o número 2 do mundo não teve maiores dificuldades para passar pelo argentino Juan Martín Del Potro por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4.

Cabeça de chave número 2 e principal favorito ainda vivo no saibro italiano, Djokovic havia deixado a vitória encaminhada na última sexta. Ele havia vencido o primeiro set por 6 a 1 e perdia o segundo por 2 a 1, sem quebras de ambos os lados, quando um temporal repleto de relâmpagos caiu em Roma e obrigou os organizadores a suspender a partida.

Neste sábado, o sérvio não perdeu o embalo e entrou em quadra disposto a resolver rapidamente a partida. Depois de ver Del Potro confirmar o primeiro game em seu serviço, quebrou o segundo e conseguiu a vantagem necessária para fechar o duelo sem maiores sustos.

 

Entre a sexta e o sábado, Djokovic precisou de 1h31min para garantir o triunfo e a classificação. O resultado de 2 sets a 0, no entanto, não traduz exatamente o que foi a partida, já que em boa parte dos games o sérvio teve dificuldade para vencer. Só que nos momentos decisivos, ele soube impor seu melhor jogo.

 

O resultado deste sábado também ampliou a freguesia de Del Potro contra Djokovic, já que o sérvio bateu o adversário pela 14.ª vez em 18 partidas entre eles. O argentino, no entanto, ao menos pôde celebrar a ida às quartas de finais de um Masters 1000, o que deve fazê-lo subir no ranking, no qual está em 34.º no momento.

 

Agora, Djokovic lutará por uma vaga na grande final em Roma. Em busca do segundo título da temporada, o 68.º da carreira, o sérvio vai encarar o austríaco Dominic Thiem, oitavo cabeça de chave e algoz de Rafael Nadal nas quartas. Quem avançar, encara o alemão Alexander Zverev ou o norte-americano John Isner na decisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.