Toby Melville / Reuters
Toby Melville / Reuters

Após fechar sua temporada, Bia Haddad Maia perde 3 posições e deixa Top 60 da WTA

Masters da WTA pode terminar com sete tenistas tomando o lugar de Simona Halep como líder do ranking

Estadão Conteúdo

23 Outubro 2017 | 12h34

Depois de ter encerrado a sua temporada na semana passada, quando avançou às oitavas de final do Torneio de Luxemburgo, Beatriz Haddad Maia caiu três posições nesta segunda-feira no ranking feminino mundial do tênis e deixou o Top 60 da listagem da WTA. A brasileira desceu da 58ª para a 61ª colocação e ficou logo abaixo da russa Maria Sharapova, que também perdeu três postos e agora ocupa o 60º lugar.

+ Sem jogar desde o US Open, Bellucci deixa o Top 100 do ranking da ATP

+ Pliskova e Muguruza estreiam com vitória no Masters da WTA

Essa foi a primeira temporada no circuito da WTA da atual número 1 do Brasil, que somou uma vitória na chave de duplas e outra na de simples em Luxemburgo. Aos 21 anos de idade, ela esteve presente em três dos quatro torneios de Grand Slam de 2017, no qual também foi finalista e cabeça de chave de uma competição da elite feminina pela primeira vez.

Bia perdeu três posições no ranking ao ser ultrapassada por três tenistas que conquistaram ascensões expressivas nesta atualização da listagem da WTA. Duas delas foram as finalistas em Luxemburgo no último final de semana. Tratam-se da alemã Carina Witthoeft, vice-campeã do torneio que saltou da 73ª para a 55ª posição, e da porto-riquenha Monica Puig, atual campeã olímpica, que ficou com o título e pulou do 69º para o 58º lugar.

A outra tenista a ultrapassar Beatriz Haddad Maia foi a russa Natalia Vikhlyantseva, que passou da 67ª para a 54ª colocação após avançar às semifinais do Torneio de Moscou na semana passada.

A liderança do ranking mundial permaneceu nas mãos da romena Simona Halep, mas o Top 10 contou com novidades nesta segunda-feira. A russa Svetlana Kuznetsova deixou este grupo ao cair da oitava para a 11ª posição, enquanto a francesa Kristina Mladenovic galgou três postos e assumiu o 10º lugar. A francesa Caroline Garcia e a britânica Johanna Konta, por sua vez, subiram um posto cada uma e agora ocupam respectivamente a oitava e a nona colocações.

O ranking da WTA foi atualizado nesta segunda-feira durante o segundo dia de disputas do Masters da WTA, realizado em Cingapura, que reúne as melhores tenistas da temporada. E sete das oito jogadoras da importante competição têm chances de terminar o evento na liderança do ranking.

Apenas a francesa Caroline Garcia, atual número 9 do mundo, não possui condições matemáticas de tirar este posto hoje ostentado por Halep, que está somente 40 pontos à frente da espanhola Garbiñe Muguruza, atual vice-líder.

 

Confira o ranking atualizado da WTA:

 

1) Simona Halep (ROM), 5.675 pontos

2) Garbiñe Muguruza (ESP), 5.635

3) Karolina Pliskova (RCH), 5.105

4) Elina Svitolina (UCR), 5.000

5) Venus Williams (EUA), 4.642

6) Caroline Wozniacki (DIN), 4.640

7) Jelena Ostapenko (LET), 4.510

8) Caroline Garcia (FRA), 3.795

9) Johanna Konta (GBR), 3.610

10) Kristina Mladenovic (FRA), 2.885

11) Svetlana Kuznetsova (RUS), 2.856

12) Coco Vandeweghe (EUA), 2.819

13) Sloane Stephens (EUA), 2.722

14) Anastasia Pavlyuchenkova (RUS), 2.425

15) Anastasija Sevastova (LET), 2.295

16) Madison Keys (EUA), 2.213

17) Elena Vesnina (RUS), 2.195

18) Julia Goerges (ALE), 2.060

19) Angelique Kerber (ALE), 2.042

20) Ashleigh Barty (AUS), 2.031

61) Beatriz Haddad Maia (BRA), 1.006

348) Teliana Pereira (BRA), 119

392) Gabriela Cé (BRA), 98

Mais conteúdo sobre:
tênis Bia Haddad Simona Halep

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.