Atual campeã, Suíça perde para a Bélgica e jogará repescagem da Davis

Um ano após conquistar o seu primeiro título da Copa Davis, a Suíça terá que jogar a repescagem para tentar se manter na elite. Sem contar com os seus dois principais jogadores - Roger Federer e Stan Wawrinka -, a equipe acabou sendo batida pela Bélgica, que fechou a série, realizada em Liège, por 3 a 2.

Estadão Conteúdo

08 Março 2015 | 17h36

A Bélgica iniciou o domingo vencendo por 2 a 1, mas precisou do quinto jogo para avançar. No primeiro jogo do dia, Henri Laaksonen, apenas o número 344 do mundo, surpreendeu e derrotou Steve Darcis, o 102º colocado no ranking da ATP, por 3 sets a 2, com parciais de 6/3, 3/6, 3/6, 7/6 (7/5) e 6/1.

Assim, a definição da série ficou para o quinto jogo. Aí o belga David Goffin brilhou e fez a alegria da torcida em Liège. O número 21 do mundo bateu o suíço Adrien Bossel, apenas o 321º colocado no ranking, por 3 sets a 0, com 6/4, 6/0 e 6/4.

Agora, a Suíça, atual campeã da Davis, terá que disputar a repescagem para jogar no Grupo Mundial da Davis em 2016. Já a Bélgica está classificada para as quartas de final e vai enfrentar o vencedor do confronto entre Canadá e Japão.

Mais conteúdo sobre:
tênis Copa Davis Suíça Bélgica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.