1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Bia Haddad perde na estreia do Rio Open; Bellucci tem jogo adiado

- Atualizado: 15 Fevereiro 2016 | 22h 54

Primeiro dia do torneio teve paralisação por conta da chuva

Em uma das partidas encerradas com atraso por causa da chuva que atrapalhou a programação do primeiro dia de jogos do Rio Open, Bia Haddad Maia acabou sendo arrasada em sua estreia na chave feminina do principal torneio de tênis da América do Sul. A brasileira foi superada pela romena Sorana Cirstea por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1, na partida que ficou paralisada por quase três horas devido ao mau tempo na capital carioca.

Hoje na 228ª posição do ranking mundial, Bia deverá amargar uma boa queda na listagem da WTA na próxima semana, pois defendia 60 pontos pelo seu avanço às quartas de final da edição passada do Rio Open. No Rio, por sinal, ela joga apenas o seu terceiro torneio após ficar seis meses parada por causa de uma cirurgia no ombro.

Com o triunfo sobre a brasileira, Cirstea se credenciou para enfrentar na segunda rodada da competição a eslovena Polona Hercog, que em outro jogo do dia superou a norte-americana Jennifer Brady por 6/4 e 6/2.

Chuva forte afetou programação do Rio Open logo no primeiro dia de disputas

Chuva forte afetou programação do Rio Open logo no primeiro dia de disputas

Em outro confronto que pôde ser encerrado na chave feminina após atraso provocado pela chuva, a italiana Francesca Schiavoni, campeã de Roland Garros de 2010, estreou com vitória sobre a alemã Tatjana Maria por duplo 6/1.

BELLUCCI

Também nesta segunda-feira, o jogo que marcaria a estreia de Thomaz Bellucci na chave masculina de simples do Rio Open foi adiado para esta terça, em horário a ser definido pela organização do evento. Oitavo cabeça de chave, o tenista número 1 do País irá enfrentar o ucraniano Alexandr Dolgopolov.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX