Andy Wong / AP Photo
Andy Wong / AP Photo

Cilic e Del Potro vencem e avançam em Xangai; Schwartzman ganha e pegará Federer

Kyrgios desiste devido a dor de estômago e deixa vaga para norte-americano Steve Johnson

Estadão Conteúdo

10 Outubro 2017 | 12h58

Dois dos principais tenistas que foram para a quadra nesta terça-feira, Marin Cilic e Juan Martín del Potro se garantiram nas oitavas de final da chave de simples do Masters 1000 de Xangai. O croata avançou ao superar o britânico Kyle Edmund por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/5), enquanto o argentino eliminou o russo Andrey Rublev, batido por 6/3 e 6/4.

+ Chuva causa adiamento de jogo de Bia Haddad em torneio chinês

+ Simona Halep é oficializada como a nova nº 1 do mundo no tênis

Quarto cabeça de chave do importante torneio realizado em quadras duras na China, Cilic assim se credenciou para enfrentar na próxima fase o vencedor da partida entre o norte-americano Steve Johnson e o chinês Di Wu. Em outro duelo do dia, o tenista dos EUA se classificou para a segunda rodada ao contar com a desistência do australiano Nick Kyrgios, 13º pré-classificado, logo após vencer o primeiro set por 7/6, com 7/5 no tie-break.

Temperamental como de costume, Kyrgios chegou a reclamar com o juiz de cadeira por mais de uma vez e foi advertido por atos de indisciplina, mas, após o término do primeiro set, cumprimentou o árbitro e foi embora para os vestiários após desistir de jogar a segunda parcial.

Pouco depois, o australiano alegou dores de estômago que vinham o atrapalhando desde a segunda-feira como motivo para o abandono do duelo. "Tentei jogar, mas acho que ficou claro desde o primeiro ponto que eu não estava bem", afirmou o tenista, por meio de um comunicado.

Já Del Potro, que confirmou a sua condição de 16º cabeça de chave nesta segunda rodada, terá como próximo rival em Xangai o ganhador da partida entre o alemão Alexander Zverev, atual quarto colocado do ranking mundial, e o britânico Aljaz Bedene. O último deles estreou nesta terça derrotando o italiano Paolo Lorenzi com parciais de 6/1 e 6/4.

RIVAL DE FEDERER

Em outra partida realizada nesta terça, o argentino Diego Schwartzman abriu a sua campanha batendo o australiano Jordan Thompson por 6/4 e 7/6(7/4) e se credenciou para ser o rival de estreia do suíço Roger Federer, atual vice-líder do ranking da ATP.

Por ser o segundo cabeça de chave, Federer abrirá a sua caminhada em Xangai direto na segunda rodada, na qual fará o seu primeiro jogo desde 24 de setembro, quando derrotou Kyrgios por 2 sets a 1 na Laver Cup, competição amistosa realizada em Praga, na República Checa.

A partida envolvendo Federer será nesta quarta-feira, quando também ocorrerá a estreia do espanhol Rafael Nadal em Xangai. Em outro confronto válido pela segunda rodada, o líder do ranking mundial enfrentará o norte-americano Jared Donaldson.

E quem tem chance de medir forças com Nadal em um provável duelo de oitavas de final é o italiano Fabio Fognini, que nesta terça eliminou o francês Lucas Pouille, 15º cabeça de chave, superado por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (9/7) e 6/3. Caso confirme seu amplo favoritismo, o espanhol enfrentará o italiano nas oitavas.

Outro tenista de destaque que avançou às oitavas de final nesta terça foi o experiente francês Richard Gasquet, que bateu o sul-coreano Chung Hyeon por 2 sets a 1, de virada, com 3/6, 6/4 e 6/3. Para a mesma fase garantiu vaga Albert Ramos-Viñolas, que levou a melhor no duelo espanhol com Pablo Carreño Custa, sétimo cabeça de chave, derrotado por duplo 7/5.

OUTROS JOGOS

Em outras partidas desta terça, válidas ainda pela primeira rodada, os norte-americanos Sam Querrey e John Isner e o sul-africano Kevin Anderson confirmaram a condição de pré-classificados e estrearam com vitória. Com o mesmo status, Jack Sock, dos EUA, acabou sendo surpreendido pelo ucraniano Alexandr Dolgopolov, que contou com a desistência do adversário no terceiro set quando vencia por 2/1. O sérvio Viktor Troicki, o alemão Jan-Lennard Struff e o norte-americano Ryan Harrison foram outros tenistas que abriram campanha com vitória nesta terça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.