1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Com 700.ª vitória, Nadal ganha de virada em estreia

Agência Estado

24 Junho 2014 | 14h 48

Espanhol encara o checo Lukas Rosol na próxima rodada

Com aquela que foi a sua 700.ª vitória como tenista profissional, Rafael Nadal estreou nesta edição de Wimbledon derrotando o eslovaco Martin Klizan por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 4/6, 6/3, 6/3 e 6/3, nesta terça-feira, em Londres.

Atual líder do ranking mundial, o tenista assim se tornou o 11.º jogador da Era Aberta do tênis a ter 700 ou mais triunfos. Este seleto grupo conta com Jimmy Connors, recordista com 1.253 vitórias, Ivan Lendl (1.071), Roger Federer (958), Guillermo Vilas (929), John McEnroe (875), Andre Agassi (870), Stefan Edberg (801), Ilie Nastase (779), Pete Sampras (762) e Boris Becker (713).

Duas vezes campeão de Wimbledon, Nadal também se credenciou para enfrentar na segunda rodada o checo Lukas Rosol, que nesta terça passou pelo francês Benoit Paire por 3 sets a 1, com 6/3, 3/6, 7/6 (7/5) e 6/4. O duelo marcará o reencontro do espanhol com o rival que foi o seu surpreendente algoz no Grand Slam inglês, há dois anos, também na segunda fase da competição.

Tatyana Zenkovich/EFE
Nadal não vencia na grama desde 2002

Para ter a chance de dar o troco em Rosol, Nadal encarou dificuldades nesta terça. Com nada a perder diante do espanhol, o atual 51.º colocado do ranking mundial exibiu força no primeiro set ao confirmar todos os seus saques e aproveitar um de cinco break points para assegurar a vantagem inicial de 6/4.

A partir do segundo set, porém, o espanhol iniciou a sua reação. Desta vez sem ter o saque quebrado, ele também conseguiu converter um break point e depois partiu rumo ao 6/3.

O cenário de equilíbrio seguiu na terceira parcial, mas desta vez com os jogadores mais instáveis em quadra. Klizan conseguiu quebrar o serviço do rival uma vez, mas o tenista número 1 do mundo converteu dois break points para repetir o 6/3. E o mesmo ocorreu no quarto set, com o espanhol conseguindo duas novas quebras para obter novo 6/3, mesmo sendo superado com o serviço na mão uma vez.

Outros dois cabeças de chave de destaque que estrearam com vitórias em jogos encerrados há pouco foram Milos Raonic e Richard Gasquet, respectivos oitavo e 13º pré-classificados. O canadense bateu o australiano Matthew Ebden por 3 sets a 0, com 6/2, 6/4 e 6/4. Já o francês passou pelo também australiano James Duckworth por 3 a 2, com 6/7 (3/7), 6/3, 3/6, 6/0 e 6/1.

Os espanhóis Feliciano López e Marcel Granollers, por sua vez, também confirmaram a condição de cabeças de chave na primeira rodada. O primeiro deles superou o japonês Yuichi Sugita por triplo 7/6, com 8/6, 8/6 e 9/7 no tie-break. Já o segundo superou o francês Nicolas Mahut por 3 sets a 1, com 6/4, 7/6 (8/6), 6/7 (7/9) e 6/4.