1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Com facilidade, Federer e Berdych avançam às quartas no US Open

Estadão Conteúdo

02 Setembro 2014 | 22h 30

Suíço faz 6/4, 6/3 e 6/2 no espanhol Roberto Bautista em 1h56 e checo manda 6/1, 6/2 e 6/4 no canadense Dominic Thiem  

Em pouco menos de 2 horas de jogo - exatas 1 hora e 56 minutos -, o suíço Roger Federer conseguiu nesta terça-feira a sua classificação para as quartas de final do US Open, quarto e último Grand Slam da temporada, que é disputado em Nova York. Por 3 sets a 0 - com parciais de 6/4, 6/3 e 6/2 -, o atual número 3 do mundo bateu o espanhol Roberto Bautista-Agut, cabeça de chave número 17.

A vitória garante a Federer a sua 43.ª participação na carreira em uma quarta de final de um Grand Slam, recorde na história do circuito profissional da ATP. Se avançar para a semifinal, estabelecerá nova marca também para esta fase: seria a sua 36.ª. Seu adversário será o francês Gael Monfils, cabeça de chave número 20, que derrotou o búlgaro Grigor Dimitrov, sétimo pré-classificado.

Já o espanhol volta as suas atenções para a disputa da repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis contra o Brasil, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, entre os dias 12 e 14 deste mês. Com as desistências de Rafael Nadal, David Ferrer e Tommy Robredo, Roberto Bautista-Agut se tornou o número 1 do time espanhol contra os brasileiros.

Também com extrema facilidade, o checo Tomas Berdych derrotou o austríaco Dominic Thiem por 3 sets a 0 - com parciais de 6/1, 6/2 e 6/4, em 1 hora e 38 minutos. Cabeça de chave número 6 em Nova York, o tenista da República Checa com certeza terá mais trabalho nas quartas. O rival será o croata Marin Cilic, 14.º pré-classificado, que mais cedo havia batido o francês Gilles Simon.

Charles Krupa/AP
Federer agora desafia o francês Gael Monfils

Em sua campanha no US Open, Berdych só teve trabalho na segunda rodada, quando precisou jogar cinco sets para superar o eslovaco Martin Klizan. Nos outros três, só ganhou por 3 a 0 - contra Thiem, o australiano Lleyton Hewitt (na estreia) e o russo Teymuraz Gabashvili (na terceira rodada).

Já o tenista da Áustria teve interrompida uma boa série de vitória no Grand Slam. Depois de passar na estreia pelo eslovaco Lukas Lacko, Thiem eliminou dois cabeças de chave na sequência, antes de perder para Berdych: o letão Ernests Gulbis (11.º pré-classificado) e o espanhol Feliciano López (19.º pré-classificado).