1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Diante do ídolo Michael Jordan, Roger Federer vence no US Open

Estadão Conteúdo

26 Agosto 2014 | 23h 25

Fã de basquete, tenista tinha um pôster do ex-jogador pendurado em seu quarto quando era criança e aproveitou para tietar o ídolo

Roger Federer teve um torcedor ilustre em sua estreia no US Open, na noite desta terça-feira, em Nova York, nos Estados Unidos. Considerado o melhor jogador de basquete da história, o norte-americano Michael Jordan estava no Arthur Ashe Stadium para acompanhar o tenista suíço ganhar do australiano Marinko Matosevic por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 7/6 (7/4).

Fã de basquete, Federer tinha um pôster de Jordan pendurado em quarto quando era criança. E, depois da vitória sobre Matosevic, aproveitou a entrevista ainda na quadra para revelar toda sua admiração pelo ídolo norte-americano, que, por sua vez, aplaudiu a atuação do tenista suíço na estreia desta terça-feira. Foi, portanto, uma troca de gentilezas entre duas lendas do esporte.

Ao começar a disputa de seu 60º torneio de Grand Slam seguido, Federer precisou de 2 horas e 7 minutos para derrotar o número 76 do mundo nesta terça-feira. Assim, avançou para a segunda rodada, quando vai enfrentar outro australiano, Samuel Groth, que ocupa a 104ª posição do ranking e se classificou um pouco mais cedo, ao vencer o espanhol Albert Ramos por 6/3, 7/6 (7/5) e 6/3.

AFP
Suíço bateu o australiano Marinko Matosevic por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 7/6 (7/4).

Número 3 do mundo, Federer está em busca do seu 18º título de Grand Slam, sendo o sexto apenas no US Open - já ganhou entre 2004 e 2008. Com 80 troféus conquistados ao longo da carreira no circuito da ATP, ele soma três apenas nesta temporada (em Dubai, Halle e Cincinnati). E agora, com a torcida de Michael Jordan, espera ser campeão novamente no torneio em Nova York.

RESULTADOS

Também nesta terça-feira, outro destaque da chave masculina do US Open foi a vitória do espanhol David Ferrer, que eliminou o bósnio Damir Dzumhur por 6/1, 6/2, 2/6 e 6/2. O dia ainda teve a estreia da principal esperança da torcida norte-americana, John Isner, que derrotou o seu compatriota Marcos Giron por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5), 6/2 e 7/6 (7/2).

Em outros resultados do dia no torneio, o japonês Kei Nishikori venceu o norte-americano Wayne Odesnik por 6/2, 6/4 e 6/2, o francês Richard Gasquet derrotou o usbeque Denis Istomin por 7/5, 7/6 (7/5) e 6/4, o italiano Fabio Fognini ganhou do cazaque Andrey Golubev por 6/4, 6/4 e 6/2 e o francês Gael Monfils eliminou o norte-americano Jared Donaldson por 6/4, 6/2 e 6/4.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo