1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Djokovic perde set para Gulbis, mas vai à final em Roland Garros

Após triunfo, tenista sérvio espera na decisão o vencedor do duelo entre Rafael Nadal e Andy Murray, que jogam ainda nesta sexta-feira

Novak Djokovic confirmou o favoritismo e espantou a "zebra" nesta sexta-feira ao vencer o letão Ernests Gulbis por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/3, 3/6 e 6/3. A vitória garantiu o tenista sérvio na final de Roland Garros, título que lhe falta para completar o Grand Slam.

Na decisão, ele enfrentará o vencedor de Rafael Nadal, dono de oito troféus no saibro de Paris, e Andy Murray, atual campeão de Wimbledon. A segunda semifinal será disputada ainda nesta sexta e pode ser decisiva para Djokovic não apenas pela definição do seu adversário na final. Em caso de derrota de Nadal, o sérvio terá assegurado o retorno à liderança do ranking.

No próximo domingo, o atual número dois do mundo vai disputar sua segunda final em Roland Garros - na primeira, perdeu de Nadal, em 2012. Será ainda sua 13ª final de Slam, na qual buscará seu sétimo título em torneios deste nível.

Djokovic está em busca de seu primeiro título em Roland Garros
Djokovic está em busca de seu primeiro título em Roland Garros

Gulbis, por sua vez, encerrou grande campanha em Paris, a sua melhor em um Slam. Para chegar à semifinal, eliminou tenistas do calibre de Roger Federer e Tomas Berdych, este com relativa facilidade.

Apesar do embalo, a surpresa do campeonato não conseguiu repetir nesta sexta o desempenho das partidas anteriores. Falhou mais (foram 44 erros não forçados, contra 25 de Djokovic) e perdeu parte da intensidade de jogo.

Assim, sustentou um jogo equilibrado no início da partida, mas não manteve o padrão do sérvio, que logo quebrou o saque no quinto game e abriu vantagem no set inicial. Na segunda parcial, Djokovic manteve o ritmo e aproveitou a única chance cedida pelo rival.

Depois de estar aquém do favorito nas duas primeiras parciais, Gulbis lutou mais no terceiro set e conseguiu reequilibrar o duelo. Aproveitou sua oportunidade, quebrou o saque de Djokovic e reduziu sua vantagem no placar, forçando o quarto set.

O sérvio, porém, recuperou-se rapidamente e não demorou para abrir vantagem na quarta parcial. Gulbis devolveu a quebra, mas logo caiu de rendimento e viu Djokovic impor nova quebra, fechando o set e o jogo.