Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Emocionada, Kerber celebra 'sonho' na Austrália: 'É maluco e inacreditável'

Tênis

Emocionada, Kerber celebra 'sonho' na Austrália: 'É maluco e inacreditável'

Angelique Kerber surpreendeu o mundo do tênis neste sábado, ao derrotar a grande favorita Serena Williams na decisão do Aberto da Austrália por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/4. Foi o primeiro Grand Slam da tenista alemã de 28 anos, que não conseguiu esconder a emoção após a conquista.

0

Estadão Conteúdo

30 Janeiro 2016 | 11h38

"Eu aproveitei minha chance. Estou muito honrada por ter jogado esta noite e vencido a Serena. Meu grande sonho se tornou realidade", declarou. "Toda minha vida eu trabalhei realmente duro e agora estou aqui e posso dizer que sou campeã de um Grand Slam. Soa realmente maluco e inacreditável."

Esta foi a primeira final de Grand Slam de Kerber, que tinha duas semifinais, em Wimbledon e no US Open, como melhores resultados em torneios de Grand Slam. Na Austrália, a cabeça de chave número 7 nunca sequer havia chegado às quartas de final, o que tornou o título deste sábado ainda mais especial.

Mas a principal surpresa do dia se deu pelo fato de sua adversária ser Serena Williams. A norte-americana vive grande fase nos últimos anos e parece invencível quando consegue se manter saudável. Na decisão, chegou a mostrar em alguns momentos por que é a número 1 do mundo e uma das maiores tenistas da história, mas sucumbiu diante de uma atuação quase perfeita de Kerber.

"Você (Serena) é realmente uma inspiração para muitas pessoas, muitas jovens tenistas", disse Kerber em seu discurso após o título. "Você criou história, você é uma campeã, você é realmente uma pessoa inacreditável, então parabéns por tudo que você já alcançou."

O clima amistoso após uma final tão disputada foi compartilhado por Serena, que fez questão de atravessar a quadra e abraçar a adversária assim que errou o último voleio que garantiu o título a Kerber. Após sua primeira derrota em uma decisão na Austrália - havia vencido as outras seis que disputou -, a norte-americana também falou algumas belas palavras sobre a alemã.

"Deixe-me ser a primeira a parabenizá-la. Aproveite o momento, estou feliz por você. Fiquei realmente feliz. Ela (Kerber) tem estado no circuito há um bom tempo. Ela tem uma atitude que eu acho que muitas pessoas poderiam aprender, de sempre ser positiva e nunca desistir", afirmou.

A norte-americana também lamentou a surpreendente derrota, mas tratou-a com naturalidade. "Toda vez que entro em quadra, todo mundo espera que eu vença cada uma das partidas, em todos os dias da minha vida. Eu gostaria de ser como um robô, mas não sou. Eu só tento."

Comentários