Reuters/Benoit Tessier
Reuters/Benoit Tessier

Favorito, Nadal faz 1º treino em Roland Garros; Djokovic 'estreia' técnico Agassi

Tenista espanhol atraiu a atenção dos torcedores ao treinar na quadra central

Felipe Rosa Mendes, O Estado de S.Paulo

25 Maio 2017 | 16h46

Dois dos principais favoritos ao título de Roland Garros, o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic fizeram o primeiro treino no saibro de Paris, nesta quinta-feira. Em um dia ensolarado, marcado pelo calor e já por bom movimento dos fãs no complexo do Grand Slam francês, Nadal atraiu a atenção dos torcedores ao treinar logo na quadra central, a famosa Philippe Chatrier. Djokovic entrou em ação nesta quinta ao "estrear" o novo treinador, o norte-americano Andre Agassi, uma das lendas do tênis mundial.

Em seu primeiro dia em Roland Garros, Nadal fez dois treinos na quadra central. Na parte da tarde, trabalhou com o norte-americano Jack Sock, número 15 do mundo. A reportagem do Estado acompanhou a atividade, na qual o atual 4º colocado do ranking mundial exibiu força no saque e os conhecidos golpes precisos de fundo de quadra, sob a supervisão dos seus dois treinadores, Toni Nadal e Carlos Moyá.

Voltando a brilhar no circuito, e principalmente no saibro, neste ano, Nadal se credencia como maior favorito em Roland Garros na esteira dos três títulos que faturou em sequência nas últimas semanas: os Masters 1000 de Montecarlo e Madri e o Torneio de Barcelona (de nível ATP 500). O espanhol voltou a pisar no saibro da Philippe Chatrier após deixar a competição na terceira rodada em 2016, por causa de lesão. Em boas condições físicas, desta vez ele é o favorito para buscar o 10º título em Paris.

Mais longe da Philippe Chatrier, Djokovic treinou na modesta quadra 5, na companhia de Agassi. O novo treinador do atual campeão de Roland Garros teve participação discreta em sua primeira atividade pública com o pupilo. De óculos escuros e exibindo um físico cada vez mais distante do que tinha quando profissional, o norte-americano passou a maior parte do treino no fundo de quadra observando e dando rápidos palpites na movimentação do tenista sérvio.

Não foram apenas os dois grandes tenistas a circular pelas quadras de Roland Garros nesta quinta. A reportagem cruzou com a italiana Francesca Schiavone, campeã do Grand Slam Francês em 2010, o uruguaio Pablo Cuevas, um dos destaques do saibro nesta temporada, em com Thomaz Bellucci. Na companhia do técnico João Zwetsch, capitão do Brasil na Copa Davis, o número 1 do Brasil se encaminhava para fazer seu primeiro treino no complexo, na quadra 3.

Muitos destes treinos foram acompanhados por fãs, que já tomam conta do complexo de Roland Garros. A maior parte assistiu aos jogos do qualifying masculino e feminino, que serão finalizados nesta sexta - Beatriz Haddad Maia é a única representante do Brasil na disputa e só precisa de mais uma vitória para entrar na chave principal de um Grand Slam pela primeira vez na carreira.

Alguns fãs de tênis até se deitavam no chão, diante do telão instalado na fachada da quadra Suzanne Lenglen, como se fosse o Henman Hill, uma pequena colina toda coberta por grama que faz a festa da torcida inglesa em Wimbledon, também diante de um poderoso telão instalado na parte de fora da quadra 1.

Enquanto a torcida se ambientava no complexo, diante de temperaturas que superaram os 30 graus Celsius, a organização ainda finalizava os preparativos para o início da chave principal, no domingo. Era comum ver lojinhas desencaixotando produtos, entre camisetas, bonés e suvenires de Roland Garros. Nos stands de patrocinadores, a movimentação do público ainda era pequena.

Nesta sexta-feira, ao meio-dia do horário local (7h no horário de Brasília), a organização vai sortear as chaves masculina e feminina de simples. Além de Bellucci, Thiago Monteiro e Rogério Dutra Silva estão garantidos na chave. No feminino, Bia Haddad só precisa de mais um triunfo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.