Caroline Blumberg/EFE
Caroline Blumberg/EFE

Ferrer passa por maratona contra americano e avança em Paris

Espanhol de 35 anos precisou de cinco sets para derrotar Donald Young

Estadão Conteúdo

29 Maio 2017 | 18h20

O espanhol David Ferrer precisou superar uma verdadeira maratona para estrear com vitória em Roland Garros. Nesta segunda-feira, o veterano tenista de 35 anos teve muito trabalho, mas passou pelo norte-americano Donald Young por 3 sets a 2, com parciais de 5/7, 6/3, 4/6, 6/3 e 11/9, em quase quatro horas e meia de partida.

A partida foi uma grande batalha, cheia de altos e baixos de ambos os lados. No fim, porém, pesou a experiência do cabeça de chave número 30 do Grand Slam francês, que quebrou o saque do adversário, 51.º do ranking, no 24.º game do quinto set para confirmar o triunfo.

Com o resultado, Ferrer garantiu-se na segunda rodada de Roland Garros, na qual vai encarar um compatriota. Ele terá pela frente Feliciano López, número 36 do mundo, que eliminou nesta segunda-feira o norte-americano Bjorn Fratangelo por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 7/6 (7/4) e 6/3.

Outro cabeça de chave que estreou com vitória foi o uruguaio Pablo Cuevas. Listado como 22.º favorito do Grand Slam, o tenista não teve maiores dificuldades para derrotar o dono da casa Maxime Hamou por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/4. Agora, vai encarar o argentino Nicolas Kicker, que eliminou o bósnio Damir Dzumhur em quatro sets: 6/3, 2/6, 6/3 e 6/4.

Cabeça de chave número 28, o italiano Fabio Fognini teve bem mais dificuldades, mas passou pelo norte-americano Frances Tiafoe em cinco sets: 6/4, 6/3, 3/6, 1/6 e 6/0. Na próxima rodada, ele vai encarar seu compatriota Andreas Seppi, que eliminou o colombiano Santiago Giraldo.

Dono da casa, o francês Richard Gasquet, 24.º cabeça de chave, também avançou ao derrotar o belga Arthur de Greef por 3 sets a 1, com parciais de 6/2, 3/6, 6/1 e 6/3. Já o alemão Mischa Zverev, 32.º favorito da competição, foi surpreendido pelo italiano Stefano Napolitano, que levou a melhor também em quatro sets: 4/6, 7/5, 6/2 e 6/2.

Nono cabeça de chave, o alemão Alexander Zverev empatava com o espanhol Fernando Verdasco por 1 set 1 quando a falta de luz natural interrompeu a partida, que será retomada na terça-feira. Já o sétimo cabeça de chave, no croata Marin Cilic, conheceu seu adversário na segunda rodada, o russo Konstantin Kravchuk, que passou em três sets pelo argentino Federico Delbonis: 6/3, 6/4 e 7/6 (8/6).

Mais conteúdo sobre:
tênis Roland Garros David Ferrer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.