1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Kvitova é surpreendida por dona da casa e cai no Aberto da Austrália

- Atualizado: 20 Janeiro 2016 | 10h 37

Derrota para Daria Gavrilova confirma retrospecto ruim da checa

Mais uma cabeça de chave foi eliminada precocemente do Aberto da Austrália. Depois de Simona Halep e Venus Williams caírem na terça-feira, nesta quarta foi a vez da checa Petra Kvitova ser surpreendida e voltar para casa. Na segunda rodada, ela perdeu para a tenista da casa Daria Gavrilova por 2 sets a 0, com duplo 6/4.

Sexta favorita do torneio e número 7 do mundo, Kvitova confirmou seu retrospecto ruim na Austrália. Ela chegou às quartas de final em 2011 e às semifinais em 2012, mas nas outras seis participações em Melbourne sequer conseguiu passar da terceira rodada. Já Gavrilova chegou à terceira fase do torneio pela primeira vez na carreira.

Petra Kvitova é superada por Daria Gavrilova por 2 sets a 0, com duplo 6/4, e está fora

Petra Kvitova é superada por Daria Gavrilova por 2 sets a 0, com duplo 6/4, e está fora

Esta, aliás, já é a melhor campanha da australiana em torneios de Grand Slam. A jovem de apenas 21 anos ocupa a 39.ª colocação do ranking e contou com o apoio da torcida da casa para avançar. Agora, ela terá pela frente outra cabeça de chave, a francesa Kristina Mladenovic, 28.ª favorita, que eliminou a norte-americana Nicole Gibbs.

Nesta quarta, Kvitova parecia desconcentrada e falhou demais, cometendo 35 erros não forçados. Também teve dificuldade para manter o saque, cedendo cinco quebras à adversária. Melhor para Gavrilova, que embalou com o apoio das arquibancadas e conseguiu um triunfo até certo ponto tranquilo, em uma hora e meia de jogo.

Aberto da Austrália 2016
Lukas Coch|EFE
Djokovic

Djokovic conquistou o Aberto da Austrália após bater Andy Murray por 3 sets a 0 na decisão

Quem também avançou nesta quarta foi a porto-riquenha Monica Puig. A tenista de 22 anos, número 52 do mundo, teve dificuldade, mas superou a também checa Kristyna Pliskova, 114.ª do ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 7/6 (8/6) e 9/7. Agora, ela terá pela frente a difícil missão de encarar a polonesa Agnieszka Radwanska, quarta cabeça de chave, que bateu a canadense Eugenie Bouchard.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX