Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Kyrgios e Gavrilova levam Austrália ao título da Copa Hopman

Tênis

Tony Mcdonough/EFE

esportes

tênis

Kyrgios e Gavrilova levam Austrália ao título da Copa Hopman

Em Petr, Austrália Verde ganha a final contra a Ucrânia por 2 a 0

0

Estadão Conteúdo

09 Janeiro 2016 | 11h25

Os jovens Nick Kyrgios, de apenas 20 anos, e Daria Gavrilova, de 21, levaram a Austrália, neste sábado, ao seu segundo título na Copa Hopman, torneio misto de tênis entre nações. A equipe nomeada ''Austrália Verde'' venceu a final contra a Ucrânia por 2 a 0, com os dois jovens vencendo seus jogos de simples contra Alexandr Dolgopolov e Elina Svitolina, respectivamente.

A Austrália, que sedia o torneio em Perth, só o havia vencido uma vez, em 1999, com Mark Philippoussis e Jelena Dokic. Os donos da casa tinham só mais uma final, em 2003, quando perderam para os Estados Unidos.

Em 2016, o título veio após participação no torneio com dois times. O ''Austrália Ouro'' tinha Jarmila Wolfe e o veterano Lleyton Hewitt, que vai se aposentar após o Aberto da Austrália. Essa equipe, entretanto, não avançou da fase de grupos.

Gavrilova (36.ª do ranking mundial) e Kyrgios (30.º) passaram pela Alemanha (de Sabine Lisicki e Alexander Zverev), pela Grã-Bretanha (de Andy Murray e Heather Watson) e França (Kenny de Schepper e Caroline Garcia) na fase de grupos.

Na final, Gavrilova abriu o confronto com vitória por 2 a 0 sobre Svitolina, com parciais de 6/4 e 7/6 (8/6). Depois, Kyrgios confirmou a boa fase com um 2 a 0 (6/3 e 6/4) sobre Dolgopolov. O jogo de duplas mistas não precisou ser realizado.

O título é o primeiro da carreira profissional de Kyrgios, que foi vice em Estoril (Portugal) no ano passado. Em dois anos no circuito, entretanto, ele já venceu Rafael Nadal (Wimbledon/2004), Roger Federer (Madri/2015) e agora Murray.

Já Gavrilova alcançou seu terceiro título relevante. No Circuito, ela tem uma só conquista, em duplas, em Istambul, no ano passado. Sua parceira, curiosamente, era Svitolina. Em 2010, a australiana venceu a chave de simples dos Jogos Olímpicos da Juventude.

AUCKLAND

Também na Oceania, em Auckland, na Nova Zelândia, foi jogada neste sábado a final do torneio local da WTA. O título ficou com a norte-americana Sloane Stephens, que venceu a alemã Julia Goerges por 2 a 0, com parciais de 7/5 e 6/2.

Stephens, que é a 30.ª do mundo, teve um dia cheio. Afinal, primeiro precisou jogar três sets da semifinal contra a ex-número 1 do mundo Caroline Wozniacki, que não se encerrou no sábado. A norte-americana vencia por 5/2 quando o jogo foi paralisado, matou o set em 6/2, perdeu o segundo por 2/6, e ficou com a vitória por 6/3 no terceiro.

O título é o segundo da carreira de Stephens, que também foi campeã em Washington, no ano passado. Ela deveria jogar o Torneio de Hobart (Austrália), a partir deste domingo, mas a organização anunciou que ela se retirou alegando ter sido infectada por um vírus.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.