1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Mais dois caem e Brasil dá adeus ao qualifying do US Open

Estadão Conteúdo

20 Agosto 2014 | 16h 21

Feijão, Clezar, André Ghem e Rogerinho foram eliminados na rodada classificatória, e Bellucci será o unico brasileiro no Grand Slam

Um dia depois de André Ghem e Rogério Dutra Silva serem derrotados em suas estreias no qualifying do US Open, mais dois brasileiros caíram nesta quarta-feira na primeira rodada da fase classificatória para o Grand Slam norte-americano, cuja chave principal começará a ser disputada na próxima segunda, em Nova York.

Primeiro a entrar em quadra pelo País neste dia de confrontos, João Souza, o "Feijão", foi superado pelo ucraniano Illya Marchenko por 2 sets a 0, com duplo 6/4. Pouco depois, Guilherme Clezar acabou batido pelo argentino Martin Alund, que ganhou por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/4.

Ricardo Valarini/inovafoto
Feijão foi eliminado pelo ucraniano Illya Marchenko por 2 sets a 0

Assim, o Brasil terá apenas Thomaz Bellucci como representante do País na chave masculina de simples do US Open. Antes das derrotas de Feijão e Clezar, André Ghem foi eliminado pelo argentino Guido Andreozzi por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/1 e 7/6 (7/3), enquanto Dutra Silva caiu diante do eslovaco Andrej Martin por 7/6 (7/3) e 6/1.

Bellucci ainda aguarda o sorteio da chave principal do US Open para saber quem será o seu adversário na estreia da competição. Atual 92º tenista do ranking mundial, ele foi eliminado pelo canadense Frank Dancevic, 138º do mundo, em sua estreia no Torneio de Winston-Salem, nos Estados Unidos, na última segunda-feira. Assim, o número 1 do Brasil fracassou na tentativa de usar o evento local para ganhar ritmo e confiança para a disputa do Grand Slam norte-americano.