Meligeni perde na final em Acapulco

Fernando Meligeni perdeu a chance de vencer o seu quarto torneio do circuito profissional. Neste domingo, sob um desgastante sol de 36 graus centígrados, o tenista brasileiro perdeu para o espanhol Carlos Moyá a final do Torneio de Acapulco, no México, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 7/6 (7/4). Moyá, que ficou com um prêmio de US$ 130 mil, reclamou muito do calor. "A gente chega a passar mal na quadra", afirmou. Já Meligeni elogiou o campeão: "Carlos é um excelente jogador e hoje mostrou porque foi o número 1 do mundo e já deveria estar mais bem classificado no ranking". Atualmente, o espanhol está em 95º lugar na Corrida dos Campeões da ATP. Apesar da derrota, Meligeni levou um prêmio de US$ 66 mil e ainda somou 35 pontos para o ranking da Corrida dos Campeões e 174 pontos no sistema de entradas. A partida durou uma hora e 56 minutos e foi emocionante. "Tive a sorte em momento decisivos. O título é o terceiro melhor que ganhei em minha vida e Meligeni foi um rival muito duro", disse Moyá, que levou 50 pontos na Corrida dos Campeões e 250 no sistema de entradas.

Agencia Estado,

03 Março 2002 | 19h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.