Assine o Estadão
assine

tênis

Melo e Bellucci vencem jogos de estreia nas duplas na Austrália

Ao lado de Ivan Dodig, Marcelo ganha dos rivais por 2 sets a 0

0

Estadão Conteúdo

20 Janeiro 2016 | 09h25

Os brasileiros que entraram em ação nesta quarta-feira pela chave de duplas do Aberto da Austrália se deram bem. E o destaque foi Marcelo Melo, o número 1 do mundo, que, junto ao parceiro Ivan Dodig, precisou de apenas 55 minutos para bater o alemão Dustin Brown e o britânico Aljaz Bedene por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

O duelo desta quarta foi o primeiro de Melo em um torneio do Grand Slam como líder do ranking dos duplistas. E o brasileiro e o croata Dodig se impuseram diante de Browm e Bedene, tanto que os adversários não tiveram sequer um break point no duelo.

Já Dodig e Melo aproveitaram duas das nove oportunidades, sendo uma em cada set, assegurando a vitória num duelo em que eles dispararam 25 winners, seis a mais do que os adversários, e cometeram nove erros não-forçados, três a menos do que os oponentes.

Também nesta quarta, Thomaz Bellucci e Marcelo Demoliner tiveram mais dificuldades, mas também triunfaram na estreia na chave de duplas em Melbourne. Os brasileiros derrotaram o mexicano Santiago Gonzalez e o austríaco Julian Knowle por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 7/5, em 1 hora e 57 minutos.

O duelo foi equilibrado, com uma quebra de saque em cada parcial, sendo que Bellucci e Demoliner se deram melhor no segundo e terceiro sets, assegurando a vitória de virada. Agora eles terão pela frente o filipino Treat Huey e o bielo-russo Max Mirnyi, que superaram Denis Istomin, do Usbequistão, e Aliaksandr Bury, da Bielo-Rússia, por 2 a 1 (7/6, 4/6 e 7/6).

Além de Melo, Bellucci e Demoliner, o Brasil tem outros dois representantes na chave de duplas do Aberto da Austrália - Bruno Soares e André Sá. Ambos vão estrear nesta quinta-feira. Soares e o britânico Jamie Murray duelarão com Aisam-Ul-Haq Qureshi, do Paquistão, e Jonathan Marray, também da Grã-Bretanha. Já Sá e o australiano Chris Guccione vão medir forças com os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan.

Comentários