Tiziana Fabi/ AFP
Tiziana Fabi/ AFP

Muguruza abandona, Svitolina avança e fará final em Roma com Halep

Espanhola sente uma lesão no pescoço e desiste com apenas 22 minutos de partida

Estadao Conteudo

20 Maio 2017 | 13h42

A ucraniana Elina Svitolina precisou ficar em quadra por somente 22 minutos neste sábado para garantir vaga na decisão do Torneio de Roma. Cabeça de chave número 8 no saibro italiano, a tenista contou com o abandono da espanhola Garbiñe Muguruza ainda no primeiro set para avançar à grande final.

Muguruza entrou em quadra com o favoritismo, afinal, ocupa a sétima colocação no ranking e era a terceira cabeça de chave em Roma, mas começou devagar e viu a adversária disparar. Sem grandes dificuldades, Svitolina quebrou o serviço da espanhola uma vez e vencia por 4 a 1.

Na pausa para descanso, Muguruza chamou uma médica e, após uma breve conversa, anunciou que estava desistindo da partida. Inicialmente, não havia ficado claro o motivo do abandono, mas minutos depois, a espanhola afirmou que sentiu uma lesão no pescoço que a impediu de seguir.

Melhor para Svitolina, que foi à decisão e terá a chance de brigar pelo oitavo título da carreira, o quarto no ano. A número 11 do ranking agora terá pela frente a romena Simona Halep.

Para garantir vaga na final, Halep também não enfrentou muitos problemas diante da holandesa Kiki Bertens. Cabeça de chave número 6, a romena precisou de somente 1h17min para bater a adversária, 15.ª favorita da competição, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/1.

No primeiro set, Halep encontrou dificuldades para confirmar o serviço e, por isso, por mais que tivesse quebrado o saque da adversária em três oportunidades, confirmou o triunfo somente na reta final. Mas na segunda parcial, a romena estabilizou o serviço, continuou atacando o da adversária e arrancou para a vitória.

Halep tentará conquistar o 16.º título da carreira, mas somente o segundo do ano. Esta será apenas a segunda vez que a romena enfrentará a ucraniana, sendo que na primeira venceu com facilidade, com duplo 6/1, em 2013.

Mais conteúdo sobre:
tênis Elina Svitolina Simona Halep

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.