Javier Soriano / AFP
Javier Soriano / AFP

Murray perde de 'lucky loser' e cai nas oitavas de final em Madri

Tomas Berdych também foi eliminado

Estadao Conteudo

11 Maio 2017 | 13h26

Atual número 1 do mundo, Andy Murray se despediu de forma precoce do Masters 1000 de Madri, nesta quinta-feira. O escocês foi surpreendido pelo croata Borna Coric, um "lucky loser", em sets diretos, por duplo 6/3. Longe de suas melhores apresentações, o favorito foi batido pelo rival que veio do qualifying em 1h25min no saibro do torneio espanhol.

Dono de dois títulos na capital espanhola, Murray caiu logo em sua segunda partida, na fase de oitavas de final. Foi a segunda vitória de Coric, de apenas 20 anos, sobre o rival britânico. Agora estão empatados no retrospecto no circuito profissional.

O revés levanta dúvidas sobre a fase do número 1 do mundo no saibro. Em seu primeiro torneio sobre o piso, no Masters de Montecarlo, ele venceu apenas um jogo. Na sequência, se saiu melhor em Barcelona, competição de nível menos exigente, mas não passou da semifinal.

Desta vez, em Madri, Murray caiu diante de um "lucky loser", aquele tenista do qualifying que perde na última rodada, mas consegue a vaga na chave principal após algum abandono. Coric é o atual 59º do ranking e, nas quartas de final, enfrentará o vencedor do duelo entre o búlgaro Grigor Dimitrov e o austríaco Dominic Thiem.

Nesta quinta, o jovem tenista soube tirar vantagem das falhas e oscilações de Murray. O favorito cometeu 28 erros não forçados, contra 21 do croata. Também registrou desempenho inferior nas bolas vencedoras: apenas 14 contra 21 de Coric.

Melhor em quadra desde o início da partida, o tenista da Croácia quebrou o saque do líder do ranking por três vezes no set inicial. Apesar da confiança em alta, Coric não deslanchou no início da segunda parcial porque Murray esboçou reação. No entanto, o croata logo teve chance de quebrar o saque do escocês novamente e não perdoou no nono game. Na sequência, em seu serviço, sacramentou a vitória no segundo match point.

Mais cedo, outro jovem tenista brilhou no saibro de Madri. O alemão Alexander Zverev surpreendeu ao eliminar o experiente checo Tomas Berdych em sets diretos, com duplo 6/4. Também com 20 anos, Zverev agora vai enfrentar nas quartas de final o vencedor do confronto entre o francês Benoit Paire e o uruguaio Pablo Cuevas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.