Geoff Burke/USA Today
Geoff Burke/USA Today

Nadal alega desgaste físico e desiste de disputar Torneio da Basileia

Espanhol está com estresse excessivo no joelho

Estadão Conteúdo

17 Outubro 2017 | 14h26

O espanhol Rafael Nadal anunciou nesta terça-feira que não disputará o Torneio da Basileia, na Suíça. O número 1 do mundo alegou desgaste físico, principalmente sobre o joelho direito, para ficar de fora da competição de nível ATP 500, com início marcado para o dia 23.

+ Nadal atinge 150ª semana na liderança do ranking, mas vê Federer reduzir vantagem​

+ Federer domina Nadal, é campeão do Masters 1000 de Xangai e iguala marca de Lendl

"Infelizmente, devo anunciar que não vou participar do Torneio da Basileia, após consultar meu médico na Espanha. Estou sofrendo de estresse excessivo sobre o meu joelho e este problema já estava aparecendo em Xangai. Isso me obriga a ficar afastado para descansar um pouco", disse Nadal, dois dias após ser vice-campeão do Masters 1000 de Xangai.

O espanhol vinha de uma longa sequência de jogos em quadras de piso duro, com títulos no US Open e em Pequim, além do vice em Xangai. A série em torneios com superfície deste tipo costuma afetar o joelho do tenista, que tem histórico de lesões no local e nos pés.

Batido por Roger Federer em Xangai, Nadal era esperado na Basileia para um possível novo confronto com o suíço. Eles seriam os principais favoritos ao título, agora o tenista da casa entra na competição como maior candidato ao troféu.

Isso vai esquentar a briga pela liderança do ranking ao fim do ano. Com o título sobre Nadal, Federer manteve suas chances de terminar a temporada na ponta. Hoje 1.960 pontos separam os dois tenistas.

Se confirmar o favoritismo e for campeão na Suíça, Federer reduzirá a vantagem do espanhol para 1.460, faltando ainda duas grandes competições para o encerramento do ano: o Masters 1000 de Paris e o ATP Finals. Juntos, os dois torneios vão distribuir 2.500 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.