Etienne Laurent/EFE
Etienne Laurent/EFE

Nadal arrasa mais um e avança à 3ª rodada em Paris; Melo vence estreia nas duplas

Espanhol ganha de Robin Haase por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/4 e 6/3

Estadao Conteudo

31 Maio 2017 | 13h42

Nove vezes campeão de Roland Garros, Rafael Nadal venceu nesta quarta-feira o seu segundo jogo com facilidade nesta edição do Grand Slam realizado em Paris. Tido como principal favorito a conquistar um histórico décimo título do mais importante torneio de tênis em quadras de saibro, o espanhol derrotou o holandês Robin Haase por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/4 e 6/3, em 1h49min.

Quarto cabeça de chave da competição, Nadal confirmou seu favoritismo com autoridade diante do atual 46.º colocado do ranking da ATP na lotada quadra Philippe Chatrier, a principal do complexo do torneio francês, para assegurar classificação à terceira rodada.

Campeão de Roland Garros em 2005, 2006, 2007, 2008, 2010, 2011, 2012, 2013 e 2014, o atual quarto tenista do mundo confirmou todos os seus saques sem oferecer nenhuma chance de quebra durante a partida, assim como converteu cinco de dez break points para encaminhar o seu triunfo sobre o holandês em sets diretos.

Com uma atuação segura, Nadal acumulou 33 winners e cometeu apenas 13 erros não forçados, além de ter vencido 76% dos pontos que disputou quando encaixou o seu primeiro saque, com o qual fez quatro aces.

Em sua estreia, na última segunda-feira, Nadal já havia arrasado o francês Benoit Paire por 6/1, 6/4 e 6/1. Agora ele terá pela frente mais um azarão no confronto que valerá vaga nas oitavas de final. Trata-se do georgiano Nikoloz Basilashvili, 63.º da ATP, que em outro jogo desta quarta levou a melhor em três tie-breaks diante do experiente sérvio Viktor Troicki, 35.º, batido com parciais de 7/6 (7/3), 7/6 (7/2) e 7/6 (8/6).

MELO ESTREIA BEM

Em outro duelo nesta quarta em Roland Garros, Marcelo Melo iniciou bem a sua campanha no torneio de duplas masculinas do Grand Slam. Quarto cabeça de chave da competição ao lado do polonês Lukasz Kubot, o tenista brasileiro sofreu um pouco, mas superou os franceses Julien Benneteau e Jeremy Chardy por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/2 e 6/3.

Em busca também de retomar a ponta do ranking individual de duplistas da ATP, no qual hoje figura na quarta posição, Melo avançou junto com Kubot para enfrentar na segunda rodada o norte-americano Ryan Harrison e o neozelandês Michael Venus, que na última terça-feira estrearam com vitória sobre o argentino Diego Schwartzman e o norte-americano Frances Tiafoe, também de virada, com 3/6, 6/4 e 6/4.

Antes de garantirem classificação à próxima fase, Melo e Kubot começaram mal o jogo. Eles sofreram duas quebras de saque, não aproveitaram nenhum dos quatro break points cedidos por Benneteau e Chardy e assim caíram por 6/3 no primeiro set.

O brasileiro e o polonês, porém, iniciaram uma forte reação na segunda parcial, na qual confirmaram todos os serviços sem oferecer nenhuma chance de quebra e foram felizes nas duas oportunidades que tiveram de ganhar games no saque dos rivais, fechando em 6/2. No terceiro set, Melo e Kubot mais uma vez fizeram valer todos os seus games de serviço e converteram mais dois break points, agora em quatro chances, para aplicar o 6/3 que liquidou a partida após 1h52min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.