Marcos Brindicci/Reuters
Marcos Brindicci/Reuters

Nadal e Nishikori sobem no ranking e Feijão ultrapassa Bellucci

Espanhol assume terceiro posto, seguido pelo japonês, em quarto

Estadão Conteúdo

02 Março 2015 | 10h54

Rafael Nadal passou somente uma semana fora do Top 3 do ranking da ATP, mas já está de volta. Na atualização divulgada nesta segunda-feira, o espanhol voltou a ficar à frente de Andy Murray, que havia o ultrapassado, graças ao título do Torneio de Buenos Aires, no último domingo. Murray, aliás, caiu para quinto, já que também foi ultrapassado pelo japonês Kei Nishikori.

A conquista na Argentina fez Nadal chegar aos 5.675 pontos, agora atrás somente do líder e vice-líder disparados, Novak Djokovic e Roger Federer, respectivamente. Já Nishikori se beneficiou da boa campanha em Acapulco, onde ficou com o vice-campeonato após perder para David Ferrer na decisão, para chegar aos 5.145 pontos. Eliminado precocemente em Dubai, diante do desconhecido Borna Coric, Murray ficou com 5.370.

Depois de ser campeão em Acapulco, Ferrer foi outro que subiu no ranking. Ele deixou a nona posição, ultrapassou Tomas Berdych e agora é o oitavo, com 4.535 pontos. Atrás de Berdych está o croata Marin Cilic. Mesmo sem ter disputado nenhuma partida em 2015, por lesão, ele ganhou uma posição na atualização e entrou no Top 10 ao ultrapassar o búlgaro Grigor Dimitrov.

No Top 20, quem também se deu bem foi o francês Gilles Simon, que subiu duas posições e é o 14.º, com 2.050 pontos. Todos, no entanto, estão muito distantes da ponta. Isso porque Novak Djokovic ganhou pontos mesmo com a derrota na decisão do Torneio de Dubai, justamente para Federer, que defendeu os pontos do título do ano passado. O sérvio tem agora 13.165 pontos, enquanto o suíço aparece com 9.205.

FEIJÃO

Na disputa pela primeira colocação no Brasil, João Souza, o Feijão, ultrapassou Thomaz Bellucci. Bastaram duas ótimas semanas no País, no Brasil Open e no Rio Open, para que o tenista ganhasse diversas colocações no ranking. Mesmo sem jogar na última semana, ele faturou mais duas posições e apareceu em 75.º na nova atualização.

Entre os tenistas que Feijão ultrapassou, está Thomaz Bellucci. Ele falhou na tentativa de defender os pontos do Torneio de Buenos Aires ao cair logo na estreia diante do italiano Paolo Lorenzi. Com, isso teve queda vertiginosa no ranking, perdeu 16 posições e foi parar em 87.º.

Confira o ranking da ATP:

1.º - Novak Djokovic (SER) - 13.165 pontos

2.º - Roger Federer (SUI) - 9.205

3.º - Rafael Nadal (ESP) - 5.675

4.º - Kei Nishikori (JAP) - 5.415

5.º - Andy Murray (GBR) - 5.370

6.º - Milos Raonic (CAN) - 4.980

7.º - Stan Wawrinka (SUI) - 4.595

8.º - David Ferrer (ESP) - 4.535

9.º - Tomas Berdych (RCH) - 4.340

10.º - Marin Cilic (CRO) - 3.450

11.º - Grigor Dimitrov (BUL) - 3.055

12.º - Feliciano López (ESP) - 2.325

13.º - Jo-Wilfried Tsonga (FRA) - 2.255

14.º - Gilles Simon (FRA)- 2.050

15.º - Ernests Gulbis (LET) - 2.045

16.º - Roberto Bautista Agut (ESP) - 2.020

17.º - Kevin Anderson (AFS) - 2.005

18.º - Tommy Robredo (ESP) - 1.755

19.º - Gael Monfils (FRA) - 1.740

20.º - John Isner (EUA) - 1.720

75.º - João Souza (BRA) - 646

87.º - Thomaz Bellucci (BRA) - 591

171.º - André Ghem (BRA) - 295

208.º - Fabiano de Paula (BRA) - 231

227.º - Guilherme Clezar (BRA) - 211

331.º - Rogério Dutra Silva (BRA) - 133

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.