Josep Lago/AFP
Josep Lago/AFP

Nadal supera Federer e sobe para 4º no ranking; Melo vira nº 3 nas duplas

Entre os brasileiros, Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva perdem posições

Estadao Conteudo

15 Maio 2017 | 09h54

No embalo de mais um título no saibro, às vésperas de Roland Garros, o espanhol Rafael Nadal subiu mais uma posição no ranking da ATP, atualizado nesta segunda-feira, e desbancou o suíço Roger Federer da quarta posição. Vice-campeão do Masters 1000 de Madri, ao ser derrotado justamente por Nadal na final, o austríaco Dominic Thiem foi outro destaque do Top 10 ao ganhar duas posições.

Com três títulos em sequência na temporada, Nadal soma agora 5.195 pontos, com ligeira vantagem sobre Federer, que tem 5.035. O suíço está afastado das competições desde que ganhou em Miami. Ele decidiu ficar de fora do giro de saibro na Europa para se recuperar do desgaste físico do início do ano. Só competirá em Roland Garros neste giro.

A ausência no circuito fez Federer também ser batido por Nadal no ranking da temporada. Antes líder, agora ocupa o segundo posto, logo atrás do espanhol. O terceiro lugar pertence a Thiem, uma das revelações do circuito, com um título (no Rio de Janeiro) e dois vice-campeonatos em 2017.

No ranking geral, no qual Nadal está em 4º, a liderança segue com o escocês Andy Murray. Ele ostenta 10.360 pontos, com larga vantagem sobre todos os demais. O sérvio Novak Djokovic, eliminado por Nadal na semifinal em Madri, continua em segundo, com 6.845. O suíço Stan Wawrinka é o terceiro colocado.

Logo atrás de Federer, o canadense Milos Raonic segue em sexto lugar. Agora passou a ser perseguido por Thiem, que era o nono até semana passada. O croata Marin Cilic, agora em 8º, e o japonês Kei Nishikori, em 9º, foram os tenistas superados por Thiem no Top 10. Já o belga David Goffin sustentou a 10ª colocação.

Entre os brasileiros, dois dos três melhores do ranking sofreram quedas. Número 1 do País, Thomaz Bellucci caiu cinco posições, para 59º. E Rogério Dutra Silva despencou 13 colocações, para 84º. Thiago Monteiro, por sua vez, subiu dois postos, para o 98º lugar.

DUPLAS

O maior destaque brasileiro da semana aconteceu nas duplas. E o título conquistado no Masters de Madri rendeu bons pontos a Marcelo Melo. Após ser campeão ao lado do polonês Lukasz Kubot, Melo se tornou o número 3 do mundo na lista individual de duplas. E, entre as parcerias, ele e Kubot assumiram a liderança do ano, ganhando embalo para a disputa de Roland Garros, que terá início no dia 28.

Confira os 20 primeiros colocados do ranking da ATP:

1.º - Andy Murray (ESC), 10.360 pontos

2.º - Novak Djokovic (SER), 6.845

3.º - Stan Wawrinka (SUI), 5.605

4.º - Rafael Nadal (ESP), 5.195

5.º - Roger Federer (SUI), 5.035

6.º - Milos Raonic (CAN), 4.180

7.º - Dominic Thiem (AUT), 4.035

8.º - Marin Cilic (CRO), 3.735

9.º - Kei Nishikori (JAP), 3.470

10.º - David Goffin (BEL), 3.055

11.º - Grigor Dimitrov (BUL), 2.900

12.º - Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.870

13.º - Tomas Berdych (RCH), 2.690

14.º - Jack Sock (EUA), 2.370

15.º - Gael Monfils (FRA), 2.365

16.º - Lucas Pouille (FRA), 2.330

17.º - Alexander Zverev (ALE), 2.300

18.º - Nick Kyrgios (AUS), 2.155

19.º - Albert Ramos-Viñolas (ESP), 2.145

20.º - Roberto Bautista Agut (ESP), 2.110

59.º - Thomaz Bellucci (BRASIL), 821

84.º - Rogério Dutra Silva (BRASIL), 622

98.º - Thiago Monteiro (BRASIL), 543

139.º - João Souza (BRASIL), 419

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.