William West / AFP
William West / AFP

Nadal vence argentino e encara bósnio na 3ª rodada do Aberto da Austrália

Jo-Wilfried Tsonga derrota Denis Shapovalov em jogo com mais de três horas de duração

Estadão Conteúdo

17 Janeiro 2018 | 10h26

Não foi fácil, mas o espanhol Rafael Nadal conseguiu se classificar sem perder sets para a terceira rodada do Aberto da Austrália. Nesta quarta-feira, o número 1 do mundo se garantiu na próxima fase em Melbourne ao derrotar o argentino Leonardo Mayer, o 52º colocado no ranking da ATP, por 6/3, 6/4 e 7/6 (7/4), em 2 horas e 38 minutos, na Rod Laver Arena.

+ Wozniacki, Svitolina e Ostapenko sofrem, mas avançam à 3ª rodada na Austrália

Com Rogerinho confirmado, Brasil Open terá quatro tenistas Top 50 na disputa

Nadal agora soma 53 vitórias em 64 jogos no Aberto da Austrália, Grand Slam que venceu em 2009 e do qual é o atual vice-campeão, tendo sido batido pelo suíço Roger Federer no ano passado. O seu próximo rival em Melbourne vai ser o bósnio Damir Dzumhur, o número 30 do mundo, que derrotou o australiano John Millman em quatro sets, por 7/5, 3/6, 6/4 e 6/1, nesta quarta.

Diante de Mayer, Nadal dominou os dois primeiros sets e estava prestes a fechar o terceiro quando liderava o placar por 5/4 no seu serviço. Mas aí Mayer quebrou o saque do espanhol e levou a parcial para o tie-break, quando o espanhol voltou a se impor para assegurar a passagem de fase em Melbourne.

Também nesta quarta-feira na Austrália, o croata Marin Cilic avançou sem problemas à terceira rodada ao bater o português João Sousa, o número 70 do mundo, por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 7/5 e 6/2, em 1 hora e 47 minutos. O próximo oponente do número 6 do mundo será o norte-americano Ryan Harrison (45º), que superou o uruguaio Pablo Cuevas por 6/4, 7/6 (7/5) e 6/4.

Em uma batalha de 3 horas e 38 minutos, o francês Jo-Wilfried Tsonga, o número 15 do mundo, derrotou o canadense Denis Shapovalov (50º) por 3 sets a 2, com parciais de 3/6, 6/3, 1/6, 7/6 (7/4) e 7/5. Tsonga esteve em situação complicada, pois perdia o quinto set por 3/0, mas reagiu para triunfar. Agora, então, ele vai encarar o australiano Nick Kyrgios, o número 17 do mundo, que bateu nesta quarta o sérvio Viktor Troicki (65º) por 7/5, 6/4 e 7/6.

Número 11 do mundo, o espanhol Pablo Carreño Busta liderava o placar por 6/2 e 3/0 quando o francês Gilles Simon (57º) abandonou a quadra lesionado. Garantido na terceira rodada, o espanhol agora terá pela frente o luxemburguês Gilles Muller (28º), que precisou de cinco sets para eliminar o tunisiano Malek Jaziri (7/5, 6/4, 6/7, 3/6 e 6/2).

Em outros jogos nesta quarta-feira em Melbourne, o argentino Diego Schwartzman, o britânico Kyle Edmund, o georgiano Nikoloz Basilashvili, o italiano Andreas Seppi e o croata Ivo Karlovic garantiram presença na terceira rodada do Aberto da Austrália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.