Lionel Bonaventure/AFP
Lionel Bonaventure/AFP

Número 1 do mundo, Kerber decepciona e cai novamente na estreia em Roland Garros

Tenista alemã atinge recorde negativo: é a primeira líder do ranking a ser eliminada na primeira partida na história

Felipe Rosa Mendes, O Estado de S.Paulo

28 Maio 2017 | 10h10

Atual número 1 do mundo, a tenista alemã Angelique Kerber voltou a decepcionar em Roland Garros. Como aconteceu no ano passado, a líder do ranking foi eliminada logo na rodada de abertura em Paris. Neste domingo, ela foi superada pela russa Ekaterina Makarova por 2 sets a 0, com duplo 6/2. Com a queda precoce, Kerber se tornou a primeira líder do ranking a ser eliminada logo em uma estreia na história de Roland Garros.

O resultado não surpreendeu a tenista. Antes mesmo da estreia, ela previra as dificuldades no saibro ao afirmar que estava tentando "se apaixonar" pelo piso. Kerber tem raros bons resultados na superfície. Em Roland Garros, seu melhor desempenho foi chegar às quartas de final, em 2012. Ela tem título no Aberto da Austrália e no US Open e já foi finalista em Wimbledon, no ano passado.

Nesta temporada, suas limitações na movimentação sobre o saibro ficaram mais evidentes. Kerber venceu apenas duas partidas neste giro europeu de saibro, em quatro torneios disputados. Na rodada de abertura de Roland Garros, ela mal conseguia se deslocar na linha de base e pouco subiu à rede. Acabou se tornando presa fácil das 26 bolas vencedoras disparadas por Makarova, em dia inspirado.

A atual número 40 do mundo, ex-Top 10, dominou em todos os golpes ao longo dos dois sets. Além de exibir grande performance, a tenista russa também contou com os vacilos de Kerber. Foram 25 erros não forçados da número 1, contra 19 de Makarova.

No set inicial, Makarova começou quebrando o saque de Kerber e abriu 2/0 com facilidade. Na sequência, salvou dois break points e obteve nova quebra, encaminhando a vitória na parcial. No segundo set, a russa foi ainda melhor no começo, abrindo 3/0. Porém, oscilou mais e sofreu duas quebras na parcial. Nada que causasse ameaças, afinal Kerber perdera outros dois games de saque na sequência.

A derrota de Kerber "abre" a chave para Petra Kvitova, que voltou a competir neste domingo, com vitória, cinco meses após ser esfaqueada e quase ter sua carreira abreviada. A checa poderia cruzar com Kerber nas oitavas de final. Agora poderá ter um caminho mais tranquilo rumo à segunda semana do torneio.

Com o resultado, Makarova vai enfrentar na segunda rodada a vencedora do confronto ucraniano entre Lesia Tsurenko e Kateryna Kozlova. Ainda neste domingo, avançaram na chave feminina as norte-americanas Louisa Chirico e Madison Brengle, a suíça Timea Bacsinszky e portorriquenha Monica Puig, atual campeã olímpica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.