Número 130 do mundo elimina Itália e coloca Casaquistão nas quartas da Copa Davis

O Casaquistão conseguiu uma vitória maiúscula para chegar pelo terceiro ano seguido às quartas de final da Copa Davis. Depois de começar o dia perdendo para a Itália por 2 a 0, em Astana, o time casaque conseguiu dois triunfos para virar o confronto neste domingo. Na última partida, de 3 horas e 41 minutos, Aleksandr Nedovyesov, número 130 do mundo, virou contra Fábio Fognini para garantir a vitória.

Estadão Conteúdo

08 Março 2015 | 12h01

Apenas no seu quarto jogo de Davis (atuou contra a Hungria em confronto já decidido de 2005, jogou duplas contra Federer em 2014 e também no sábado), Nedovyesov surpreendeu. Ganhou o primeiro set de Fognini, levou a virada e deixou tudo igual no quarto set.

No quinto, vencia tranquilamente, por 4 a 1, quando cedeu o empate. Com poder de reação, foi atrás. Quebrou três vezes Fognini e venceu o jogo por 3 a 2, com parciais de 7/6 (7/5), 3/6, 4/6, 6/3 e 7/5.

Antes, no primeiro jogo do dia em Astana, também deu zebra, com vitória de Mikhail Kukushkin, número 58 do mundo, sobre o italiano Andreas Seppi, o 35.ª do ranking, por 3 sets a 0, parciais de 7/6 (10/8), 6/0 e 6/4, em apenas duas horas de jogo.

Vale lembrar que o técnico italiano optou por poupar Fognini, melhor italiano do ranking mundial, na sexta-feira. Simone Bolelli foi escalado e perdeu de Kukushkin na abertura do confronto. Depois, Seppi ganhou de Andrey Golupev e Fognini/Bolelli bateu Golupev/Nedovyesov.

Mais conteúdo sobre:
tênis Copa Davis Itália Casaquistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.