1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Raonic ganha revanche contra Federer e fatura o título em Brisbane

- Atualizado: 10 Janeiro 2016 | 10h 57

Canadense é campeão ao vencer suíço por 2 sets a 0 na Austrália

Roger Federer e Milos Raonic reeditaram, neste domingo, a final de 2015 no Torneio de Brisbane. E, desta vez, o resultado foi diferente do ano passado. O canadense mostrou que vem forte para 2016 e, com um duplo 6/4, venceu o suíço por 2 sets a 0 para ficar com o título do torneio preparatório para o Aberto da Austrália.

O título é o oitavo da carreira do canadense de 25 anos, mas apenas o terceiro conquistado em quadra aberta. A maior parte das conquistas do tenista, que é nascido em Montenegro e ocupa o 14.º lugar do ranking, foram em ginásios fechados, sendo três deles (2011 a 2013) em San Jose, nos Estados Unidos.

Raonic posa com taça do Torneio de Brisbane

Raonic posa com taça do Torneio de Brisbane

Especialista no piso rápido, Raonic saca bem e chegou à final de Brisbane tendo tido seu saque quebrado uma única vez no torneio australiano. Diante de Roger Federer, que também só havia sido quebrado em duas oportunidades, ele não desperdiçou as poucas oportunidades que teve.

No primeiro set, Raonic teve um break-point no quinto game, salvo por Federer, e outros dois no nono. Conseguiu a quebra, confirmou seu serviço na sequência, e fechou a parcial em 6/4. Depois, no segundo set, Raonic teve uma única oportunidade de quebra, no sétimo game, e não desperdiçou. O canadense ainda salvou um break-point de Federer no quarto game, logo após pedir atendimento médico.

No histórico do confronto, agora são nove vitórias de Federer e duas de Raonic. O canadense, entretanto, se orgulha de ser o único atleta nascido na década de 1990 a vencer Roger Federer duas vezes na carreira. O australiano Nick Kyrgios e o argentino Federico Delbonis são os outros "jovens" a vencer o veterano.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX