Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Rio Open recebe Nadal, Ferrer e os melhores tenistas do Brasil

Tênis

Fotojump|Rio Open

Rio Open recebe Nadal, Ferrer e os melhores tenistas do Brasil

Dupla Bruno Soares e Marcelo Melo também estará em quadra

0

Marcio Dolzan,
O Estado de S. Paulo

15 Fevereiro 2016 | 07h00

O Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul, começa nesta segunda-feira com a promessa de ser o mais disputado em relação às duas edições anteriores. Os espanhóis Rafael Nadal e David Ferrer, campeões em 2014 e 2015, respectivamente, estão de volta ao Rio, mas eles terão pela frente outros nove tenistas entre os 40 melhores do ranking da ATP. Os brasileiros Thomaz Bellucci e Teliana Pereira serão cabeças de chave.

Além de Nadal e Ferrer, a competição terá nomes como o francês Jo-Wilfried Tsonga, o norte-americano John Isner e o italiano Fabio Fognini, vice-campeão do torneio no ano passado. “As expectativas são as melhores possíveis. Neste terceiro ano do Rio Open, nós temos o melhor line up de todos, e isso é bastante promissor”, avaliou o diretor da competição, Luiz Carvalho.

Entre os brasileiros, as maiores expectativas recaem sobre Thomaz Bellucci, no masculino, e Teliana Pereira, no feminino. Bellucci subiu cinco posições no ranking da ATP semana passada, chegou à 30ª posição e, com isso, será o oitavo cabeça de chave na disputa. Ele vai enfrentar o ucraniano Alexandr Dolgopolov. Teliana, 44ª na lista da WTA, é a principal cabeça de chave da competição e estreia contra a croata Petra Martic, 163ª do mundo.

A competição no Rio servirá também para Bruno Soares e Marcelo Melo iniciarem a preparação para a disputa de duplas nos Jogos Olímpicos. Os dois já formaram parceria em 2010 e 2011, desde então cada um vem competindo ao lado de tenistas de outros países. No Rio-2016, entrarão com chances de medalha. No Rio Open, eles vão estrear contra os compatriotas Fabiano de Paula e Orlando Luz.

A estrutura é semelhante à do ano passado, com nove quadras de saibro instaladas na sede social do Jockey Club Brasileiro, na Lagoa, zona sul do Rio. A quadra central tem capacidade para 6.200 pessoas. Hoje ela será batizada com o nome de Guga Kuerten – o ex-tenista será homenageado durante a rodada noturna.

Ano passado, o torneio reuniu 55 mil pessoas. A expectativa é que o público se mantenha próximo a isso este ano. Não há mais ingressos para os jogos de sábado e domingo, mas ainda é possível encontrar entradas para os demais dias da semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.