Rivais desistem e Marcelo Demoliner vai à final das duplas em Viena

Olivier Marach sentiu dores nas costas e preferiu abandonar o torneio

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2017 | 17h54

Um dia após conquistar a maior vitória de sua carreira, o brasileiro Marcelo Demoliner foi beneficiado pela desistências dos rivais para avançar com facilidade à final da chave de duplas do Torneio de Viena. Ele disputa o torneio austríaco, de nível ATP 500, ao lado do norte-americano Sam Querrey.

+ Garcia bate Wozniacki e vai à semi do Masters da WTA

Na quinta, Demoliner e Querrey eliminaram os irmãos Bob e Mike Bryan, que formam aquela que é considerada a melhor dupla da história. Nesta sexta, eles nem precisaram entrar em quadra. Isso porque o local Olivier Marach, em parceria com o croata Mate Pavic, sentiu dores nas costas e preferiu abandonar a competição.

"Não era como eu queria, mas faz parte do jogo, às vezes não é da melhor forma que queria, mas ganhamos duas grandes partidas aqui de duplas bem conceituadas, uma melhor da história. Estamos jogando bem, entrosamento cada vez mais fácil, não é fácil entrosar em só dois jogos, mas está dando certo", comentou Demoliner.

O brasileiro ainda não sabe quem enfrentará na final de domingo. Os rivais vão sair do confronto entre Rohan Bopanna/Pablo Cuevas (Índia/Uruguai) e Lucas Pouille/Karen Khachanov (França/Rússia). Esta semifinal só será disputada no sábado.

Demoliner vai disputar sua sexta final da carreira, a quarta somente em 2017, onde foi vice-campeão do Brasil Open, Lyon (França), e Chengdu (China). O brasileiro busca seu primeiro título de nível ATP na carreira.

 

TSONGA DESPACHA ZVEREV 

Na chave de simples de Viena, o francês Jo-Wilfried Tsonga eliminou o favorito ao título. Oitavo cabeça de chave, ele superou o alemão Alexander Zverev, primeiro pré-classificado, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (8/6) e 6/2. Com a vitória, o tenista da França segue na briga por uma vaga no ATP Finals, que vai reunir os oito melhores tenistas da temporada em Londres, no fim de novembro.

Na semifinal em Viena, Tsonga vai enfrentar o alemão Philipp Kohlschreiber, que avançou na chave ao derrotar o argentino Diego Schwartzman por 7/5 e 7/6 (8/6). A outra semifinal terá o francês Lucas Pouille e o britânico Kyle Edmund. Pouille eliminou o compatriota Richard Gasquet por 7/6 (7/5) e 6/1, enquanto Edmund bateu o alemão Jan-Lennard Struff por 6/2 e 7/5.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.