1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Rogerinho abre duelo do Brasil contra Equador na Copa Davis

Agência Estado

03 Abril 2014 | 15h 21

Guilherme Clezar será o outro brasileiro a atuar no segundo duelo desta sexta

GUAYAQUIL - O sorteio dos jogos do confronto que o Brasil travará contra o Equador pela Copa Davis, entre sexta-feira e domingo, fora de casa, em Guayaquil, definiu nesta quinta que Rogério Dutra Silva será o primeiro tenista do País a entrar em quadra neste duelo válido pelo zonal americano da competição. O atual 157º colocado do ranking da ATP irá medir forças com Julio Cesar Campozano, 495º, a partir das 12 horas (de Brasília), na primeira partida da série melhor de cinco entre os dois países.

Em seguida, Guilherme Clezar será o outro brasileiro a atuar no segundo duelo desta sexta. O atual 170º jogador da ATP enfrentará Emílio Gomez, 252º e filho do ex-tenista Andres Gomes, na quadra de saibro que abrigará o duelo em solo equatoriano.

Já para sábado está programado o duelo de duplas. Marcelo Melo e Bruno Soares, dois dos maiores duplistas do mundo e que figuram como grande trunfo brasileiro neste embate diante do Equador, enfrentarão Giovanni Lapentti e Gonzalo Escobar a partir das 15h30 (de Brasília).

No domingo, conforme esperado, haverá a inversão dos confrontos de sexta, com Dutra Silva novamente abrindo o dia para o Brasil, desta vez contra Gomez, para em seguida Clezar encarar Campozano.

O Brasil está na luta para retornar à elite da Davis, na qual marcou presença no ano passado e foi derrotado logo em seu primeiro confronto, diante dos Estados Unidos, fora de casa. Caso passe pelo Equador, a equipe comandada pelo capitão João Zwetsch se garantirá na repescagem do Grupo Mundial.

Brasileiros e equatorianos já se enfrentaram em sete confrontos válidos pela Davis, sendo que no último deles, em 2009, o Equador levou a melhor em duelo realizado em Porto Alegre, onde o time nacional fracassou na tentativa de garantir lugar na elite da competição. No retrospecto geral deste embate, porém, o Brasil tem pequena vantagem, com quatro vitórias e três derrotas.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo