Eric Feferberg/AFP
Eric Feferberg/AFP

Rogerinho salva 2 match points, bate Youzhny e avança em Paris

Brasileiro conseguiu vitória heroica na sua estreia em Roland Garros

Estadão Conteúdo

29 Maio 2017 | 13h54

Rogério Dutra Silva conquistou nesta segunda-feira uma vitória heroica na sua estreia nesta edição de Roland Garros. Em uma longa partida de 4h11min, em que precisou salvar dois match points no quarto set e jogou lesionado, o tenista brasileiro venceu o russo Mikhail Youzhny por 3 a 2, com parciais de 4/6, 7/6 (7/5), 2/6, 7/6 (7/4) e 6/2, e se garantiu na segunda rodada do Grand Slam realizado em Paris.

Hoje na 79º posição da ATP e atual segundo tenista do Brasil, Rogerinho, de 33 anos, travou um duelo de veteranos do circuito profissional com Youzhny, que completa 35 em junho. Foi a primeira vez que os dois se enfrentaram e o brasileiro ficou por duas em desvantagem de um set diante do russo, que chegou a sacar para fechar o jogo quando liderava em 5/4 na quarta parcial e teve dois match points. Ele, porém, não aproveitou a chance e sucumbiu em um tie-break pela segunda vez na partida, antes de finalmente cair por 6/2 no quinto set.

Com o triunfo na estreia, Dutra Silva se credenciou para enfrentar na segunda rodada o canadense Milos Raonic, quinto cabeça de chave, que horas mais cedo derrotou o belga Steve Darcis com parciais de 6/3, 6/4 e 6/2.

Para passar por Youzhny, o brasileiro também precisou suportar dores no tornozelo esquerdo, que ele lesionou na semana passada, quando precisou abandonar a partida contra o suíço Stan Wawrinka na segunda rodada do Torneio de Genebra.

No decorrer da partida, Rogerinho chegou a cair por duas vezes em quadra por causa de dores no tornozelo, que ele teve de enfaixar para conseguir seguir em quadra.

Rogério Dutra Silva acabou triunfando em uma partida na qual conquistou também menos quebras de saque do que o seu adversário. Foram cinco em 18 chances, contra seis break points convertidos por Youzhny em dez oportunidades. Porém, pesou mais o fato de que o brasileiro foi melhor nos momentos decisivos.

Assim, de forma heroica, Rogerinho se tornou o segundo tenista do Brasil garantido na segunda rodada da chave de simples masculina de Roland Garros. O outro é Thomaz Bellucci, que no último domingo estreou com vitória por 3 sets a 1 sobre o sérvio Dusan Lajovic.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.