1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Russo abandona e Wawrinka avança na Austrália; Hewitt vence e adia aposentadoria

- Atualizado: 19 Janeiro 2016 | 10h 45

O suíço Stan Wawrinka vinha encontrando bastante dificuldade em sua estreia no Aberto da Austrália, mas contou com a sorte para avançar à segunda rodada do primeiro Grand Slam da temporada, nesta terça-feira. Depois de vencer os dois primeiros sets, por 7/6 (7/2) e 6/4, o número 4 do ranking viu seu adversário, o russo Dmitry Tursunov, precisar abandonar por causa de um problema físico.

Os dois tenistas fizeram um primeiro set bastante equilibrado, vencido por Wawrinka nos detalhes. Já no decorrer do segundo, no entanto, Tursunov demonstrou um incômodo, aparentemente na região do quadril, e chamou o atendimento médico. Antes que a terceira parcial começasse, comunicou ao árbitro que não conseguiria seguir e abandonou a partida.

Enquanto estiveram em quadra, Wawrinka mostrou superioridade na maior parte do tempo, mas teve muita dificuldade para confirmar os break points. Ele conseguiu somente uma quebra, apesar das nove oportunidades. Foram 36 bolas vencedoras para o suíço, contra somente 13 do russo.

Apesar da dificuldade nos primeiros sets, o abandono de Tursunov dará a Wawrinka um descanso que pode ser importante na próxima rodada. Em seu segundo jogo na Austrália, o suíço terá pela frente o experiente checo Radek Stepanek, de 38 anos, que passou na estreia pelo japonês Tatsuma Ito.

HEWITT VENCE - Também nesta terça-feira, Lleyton Hewitt venceu na estreia do Aberto da Austrália e adiou seu adeus às quadras. O anfitrião, que anunciou sua aposentadoria para o fim do primeiro Grand Slam da temporada, manteve-se vivo ao derrotar o também australiano James Duckworth por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5), 6/2 e 6/4.

Hewitt precisou de quase duas horas e meia para triunfar e levar a torcida local à loucura. Apesar do duelo entre dois tenistas da casa, as arquibancadas assumiram o lado do veterano de 34 anos, ex-número 1 do mundo e vice-campeão em Melbourne na temporada de 2005.

Atualmente, Hewitt é somente o 308.º do mundo. Mas disposto a prolongar um pouco mais sua carreira, ele mostrou um bom nível nesta terça e quebrou o serviço do adversário em cinco oportunidades para vencer. Agora, o australiano terá pela frente a dura tarefa de encarar o espanhol David Ferrer, oitavo cabeça de chave, na segunda rodada.

OUTROS RESULTADOS - Ainda nesta terça, o norte-americano Jack Sock e o sérvio Viktor Troicki venceram verdadeiras batalhas e se garantiram na segunda rodada. Cabeça de chave número 25, Sock passou por 3 sets a 2 por seu compatriota Taylor Harry Fritz, com parciais de 6/4, 3/6, 0/6, 6/3 e 6/4. Já Troicki, embalado pelo título em Sydney no fim de semana, bateu também em cinco sets o espanhol Daniel Muñoz, de virada: 4/6, 4/6, 6/1, 7/6 (7/4) e 6/3.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX