1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Sérvio Savic é banido do tênis acusado de manipular partidas

REUTERS

01 Outubro 2011 | 14h 58

O tenista sérvio David Savic foi banido do esporte pelo resto da vida por acusações de fraude em partidas manipuladas, informou a Unidade de Integridade do Tênis (TIU, na sigla em inglês) neste sábado.

Savic, 659 do ranking da ATP, também recebeu uma multa de 100 mil dólares após ser declarado culpado de três violações sob o Programa de Anti-Corrupção do Tênis, incluindo "manipular ou tentar manipular o resultado de um evento".

Em um comunicado, a TIU declarou que o tenista de 26 anos cometeu as violações em outubro do ano passado e foi considerado culpado em uma audiência disciplinar independente anti-corrupção em Londres, no mês passado.

"A expulsão pelo resto da vida tem efeito imediato e significa que o Sr. Savic não pode se candidatar a nenhum torneio ou competição organizados ou sancionados pelos organismos que administram o tênis profissional, valendo a partir da data deste comunicado", afirmou a TIU.

Savic é o segundo tenista a receber a punição --o austríaco Daniel Koellerer foi culpado de uma violação semelhante em maio.

A TIU foi criada em 2008 e é apoiada pelo Comitê de Grand Slam, a Federação Internacional de Tênis (ITF na sigla em inglês), o circuito da ATP e da WTA.

(Reportagem de Martyn Herman)