Chinatopix/ AP
Chinatopix/ AP

Sharapova vence chinesa em Tianjin e disputa 1ª final desde suspensão

Tenista enfrentará a bielo-russa Aryna Sabalenka neste domingo

Estadao Conteudo

14 Outubro 2017 | 10h54

A tenista russa Maria Sharapova vai disputar neste domingo sua primeira final desde o seu retorno às quadras, em abril, após cumprir suspensão por doping. A ex-número 1 do mundo brigará pelo título do Torneio de Tianjin, na China, contra a bielo-russa Aryna Sabalenka.

+ Nadal sofre, mas derrota Cilic e vai à final do Masters de Xangai

Para chegar à final, Sharapova precisou superar a local Shuai Peng, terceira cabeça de chave e atual campeã do torneio. A russa venceu em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/1.

Mesmo oscilando novamente no saque, Sharapova se defendeu bem das investidas da chinesa e salvou os três break points que cedeu. E ainda faturou quatro quebras de saque, duas em cada set, sobre a atual 25ª colocada do ranking.

Sua adversária na final será Aryna Sabalenka, 102ª do mundo. Com apenas 19 anos, ela arrasou a experiente italiana Sara Errani por 6/1 e 6/3, em apenas 58 minutos de partida. A tenista de 30 anos havia sido a algoz da brasileira Beatriz Haddad Maia na segunda rodada. Sharapova e Sabalenka nunca se enfrentaram no circuito profissional.

+ Leia mais sobre tênis

Atualmente na 86ª posição do ranking, a tenista russa vai disputar sua primeira final desde o seu retorno às quadras em abril, após cumprir 15 meses de suspensão, por doping. Ela Estava afastada desde janeiro do ano passado, por ter sido flagrada em exame com a substância Meldonium, que entrou na lista de proibição da Agência Mundial Antidoping no mesmo mês da suspensão da tenista.

Mais conteúdo sobre:
Maria Sharapova tênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.