Soares e Demoliner vencem jogos de estreia e se enfrentam nas duplas em Tóquio

Na chave de simples, Marin Cilic derrota japonês e vai às quartas de final

Estadão Conteúdo

04 Outubro 2017 | 09h34

As quartas de final da chave de duplas do Torneio de Tóquio, ATP 500 disputado em quadras duras, terão um confronto entre brasileiros. Nesta quarta-feira, Bruno Soares e Marcelo Demoliner venceram suas respectivas partidas de estreia no evento japonês e agora vão duelar por uma vaga nas semifinais.

+ Melo e Kubot levam virada de colombianos e caem na estreia no Torneio de Pequim

+ Rogerinho cai e Bellucci despenca 17 posições no ranking da ATP; Monteiro sobe 6

Soares e o britânico Jamie Murray encararam o francês Benoit Paire e o espanhol Albert Ramos Viñolas e os superaram por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 7/5, em apenas 53 minutos. Para isso, dispararam seis aces e converteram quatro de cinco break points, tendo perdido o saque em apenas uma oportunidade.

Também em dois sets, Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell derrotaram o croata Nikola Metic e o norte-americano Nicholas Monroe por 7/6 (7/3) e 6/3, em 1 hora e 11 minutos. Após o triunfo no tie-break da primeira parcial, Demoliner e Daniell conseguiram duas quebras de saque na segunda parcial para sacramentar a vitória.

Soares e Murray ganharam os dois duelos anteriores com Demoliner e Daniell, ambos nesta temporada, no Rio Open e no US Open. Quem avançar dessa vez vai encarar nas semifinais o britânico Dominic Inglot e o canadense Daniel Nestor.

Pela chave de simples do Torneio de Tóquio, o croata Marin Cilic, o número 5 do mundo, confirmou o seu favoritismo e se garantiu nas quartas de final ao derrotar o japonês Yasutaka Uchiyama, o 214º colocado no ranking da ATP, por 6/3 e 6/4, em 1 hora e 13 minutos.

Cilic disparou 14 aces na partida e perdeu apenas quatro dos 34 pontos que disputou no seu primeiro serviço. Além disso, converteu um break point em cada set para assegurar o seu triunfo.

Nas quartas de final, Cilic terá pela frente o norte-americano Ryan Harrison (52º), que bateu o sul-africano Kevin Anderson, número 16 do mundo, por 6/3, 1/6 e 7/6 (7/2). O finalista do último US Open fez 24 aces, mas ainda assumiu sucumbiu diante do tenista dos Estados Unidos.

O argentino Diego Schwartzman e o francês Adrian Mannarino também avançaram às quartas de final em Tóquio, com vitórias sobre o australiano Bernard Tomic (6/3 e 6/1) e o checo Jiri Vesely (6/3 e 6/2), respectivamente.

Campeão em Shenzhen na semana passada, o belga David Goffin estreou nesta quarta em Tóquio e venceu. O número 11 do mundo bateu o espanhol Feliciano Lopez (34º) por 7/5 e 6/1, em 1 hora e 15 minutos. Finalista em Tóquio em 2016, ele agora vai encarar o australiano Matthew Ebden. Ainda nesta quarta, o ucraniano Alexandr Dolgopolov também venceu o seu jogo de estreia no evento japonês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.