Assine o Estadão
assine

Esportes

Rio Open

Sorteio põe pedreiras na rota dos tenistas brasileiros no Rio Open

Bellucci irá medir forças com o ucraniano Alexandr Dolgopolov

0

Estadão Conteúdo

13 Fevereiro 2016 | 22h19

Os brasileiros não foram muito felizes no sorteio da chave masculina do Rio Open, realizada no início da noite deste sábado, dois dias antes do início do principal torneio de tênis do País. Thomaz Bellucci, João Souza e Thiago Monteiro, garantidos na chave principal, terão rivais considerados complicados já na primeira rodada.

Tenista número 1 do Brasil e oitavo cabeça de chave do ATP 500 realizado em quadras de saibro no Jockey Club Brasileiro, Bellucci irá medir forças logo de cara com o ucraniano Alexandr Dolgopolov, 31º colocado do ranking mundial, que derrotou o tenista paulista anteriormente no Masters de 1000 de Miami do ano passado e na estreia do Torneio de Sydney deste ano, em ambas ocasiões por 2 sets a 0.

Convidado pelos organizadores para integrar a chave principal, o cearense Thiago Monteiro, por sua vez, terá uma pedreira ainda maior pela frente. Trata-se do francês Jo-Wilfried Tsonga, atual nono colocado do ranking mundial e terceiro pré-classificado do Rio Open.

João Souza, o Feijão, jogará contra o argentino Diego Schwartzmann, que é apenas o atual 89º colocado do ranking mundial, mas é considerado um adversário perigoso. E, caso passe pela estreia, o brasileiro tem boa chance de encarar na segunda rodada o austríaco Dominic Thiem, 19º da ATP, que neste sábado surpreendeu ao eliminar ninguém menos do que Rafael Nadal na semifinal do Torneio de Buenos Aires, também disputado em quadras de saibro.

Nadal, por sua vez, soube neste sábado que irá estrear neste Rio Open contra o seu compatriota Pablo Carreño. Atual quinto colocado do ranking mundial e principal favorito ao título, o espanhol curiosamente também encarou Carreño na edição passada do ATP 500 brasileiro, vencendo o rival por 2 sets a 0.

Caso confirme favoritismo na estreia, Nadal pegará quem vencer a partida entre os também espanhóis Nicolas Almagro e Daniel Muñoz de la Nava.

Já o espanhol David Ferrer, atual campeão do Rio Open e segundo cabeça de chave, irá estrear contra o convidado chileno Nicolas Jarry, enquanto o norte-americano John Isner, quatro pré-classificado, medirá forças na primeira rodada contra o argentino Guido Pella.

QUALIFYING E CHAVE FEMININA

Os brasileiros Rogério Dutra Silva e Paula Gonçalves avançaram neste sábado à segunda rodada do qualifying do Rio Open e ficaram a uma vitória da chave principal. Rogerinho derrotou o chileno Hans Podlipnik-Castillo por 2 sets a 0, com duplo 6/2, enquanto Paula superou a israelense Sharar Peer por 6/2 e 6/3. Neste domingo, Rogerinho enfrenta o português Gastão Elias. Já a brasileira encara a francesa Alizé Lim.

O brasileiro Orlando Luz, que foi líder do ranking mundial juvenil em 2015, acabou superado na estreia do qualifying pelo japonês Taro Daniel, que ganhou por duplo 6/4. André Ghem, José Pereira e Guilherme Clezar foram outros que caíram na estreia do qualificatório. Pela chave feminina, Maria Silva e Carolina Meligeni Alves também perderam na abertura da fase classificatória para a chave principal.

Tenista número 1 do Brasil e principal cabeça de chave do Rio Open, Teliana Pereira soube neste sábado que irá estrear contra a croata Petra Martic, 163ª tenista do mundo, mas que já foi a 42ª colocada da WTA e é considerada uma rival complicada para uma primeira rodada.

Já a brasileira Bia Haddad Maia terá pela frente em sua estreia a romena Sorana Cirstea, ex-número 21ª tenista do mundo, enquanto Gabriela Cé, jogadora do País que entra na chave principal como convidada, estreará diante da romena Ana Bogdan.

DUPLAS

A chave de duplas masculinas do Rio Open também foi sorteada neste sábado. Cabeças de chave número 1, Marcelo Melo e Bruno Soares irão estrear contra os compatriotas Fabiano de Paula e Orlando Luz, parceria convidada pela organização. Melo e Soares, acostumados a jogar juntos na dupla, defenderão grande status no Rio. O primeiro deles é o líder do ranking individual mundial de duplistas, enquanto Soares faturou o título das duplas masculinas e mistas do último Aberto da Austrália.

Também posicionado na parte de cima da chave, a dupla formada pelos brasileiros Rogério Dutra Silva e João Souza pegará na estreia o uruguaio Pablo Cuevas e o italiano Fabio Fognini.

Thomaz Bellucci e Marcelo Demoliner, que formam outra dupla de brasileiros no Rio Open, abrirão campanha contra o britânico Aljaz Bedene e o espanhol Albert Ramos. Já André Sá, que fará dupla com o argentino Maximo González, terá pela frente na primeira rodada o argentino Federico Delbonis e o italiano Paolo Lorenzi.

Comentários