Etienne Laurent/EFE
Etienne Laurent/EFE

Surpresa do giro de saibro, Thiem arrasa australiano na estreia em Roland Garros

Tenista austríaco atropelou Bernard Tomic por 3 sets a 0, em parciais de 6/4, 6/0 e 6/2

Felipe Rosa Mendes, enviado especial a Paris, O Estado de S.Paulo

28 Maio 2017 | 13h46

Grande surpresa do giro de saibro na Europa, o tenista austríaco Dominic Thiem apresentou seu cartão de visita neste domingo, em Roland Garros. O número sete do mundo arrasou o australiano Bernard Tomic, com direito a um "pneu". Thiem fechou o jogo pelo placar de 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/0 e 6/2, em apenas 1h20min de duelo, em Paris.

Thiem controlou completamente o adversário neste primeiro dia de disputas da chave principal do Grand Slam francês e praticamente não foi ameaçado ao longo da partida. O domínio era tal que o austríaco venceu o segundo set em apenas 15 minutos, surpreendendo o público presente na quadra Suzanne Lenglen, a segunda maior do complexo de Roland Garros.

Não foi por acaso. Apresentando consistência nas últimas duas temporadas, Thiem foi uma das estrelas do atual giro europeu no saibro. Ele disputou duas finais, em Barcelona e Madri, e só foi batido pelo espanhol Rafael Nadal, nas duas decisões. Em Roma, na semana seguinte, fez valer a experiência adquirida contra Nadal e o venceu nas quartas de final, na única derrota do espanhol neste giro até agora.

Neste domingo, Thiem fez uma exibição no embalo dos bons resultados nos outros torneios. Ele faturou seis quebras de saque sobre Tomic e simplesmente não teve o serviço ameaçado em nenhum momento do jogo. Anotou 32 bolas vencedoras, o dobro do registrado pelo rival australiano. E cometeu apenas 10 erros não forçados, contra 33 do adversário.

Com este grande desempenho, Thiem se garantiu na segunda rodada do Grand Slam. Seu próximo adversário vai sair do duelo entre o italiano Simone Bolelli e o local Nicolas Mahut.

Ainda neste domingo, o búlgaro Grigor Dimitrov estreou com vitória em Paris ao derrotar o local Stephane Robert por 3 a 0, com parciais de 6/2, 6/3 e 6/4. Semifinalista do Aberto da Austrália, o búlgaro vai encarar agora o vencedor da partida entre o espanhol Tommy Robredo e o britânico Daniel Evans.

Também venceram na estreia em Roland Garros o argentino Horacio Zeballos, os espanhóis Guillermo Garcia-López, Pablo Carreño Busta e Albert Ramos-Viñolas, o local Benjamin Bonzi, o croata Ivo Karlovic, o japonês Taro Daniel e o casaque Mikhail Kukushkin.

*O repórter viajou a convite da Federação Francesa de Tênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.