Thomaz Bellucci perde na França e vê fim de série invicta

Brasileiro perdeu por 2 sets a 0 para Kunitsyn, mas mesmo assim, se aproxima de uma vaga para Pequim 2008

Agência Estado

16 Maio 2008 | 16h33

O brasileiro Thomaz Bellucci perdeu para o russo Igor Kunitsyn, nesta sexta-feira, e deu adeus ao Challenger de Bordeaux. Com a derrota por 2 sets a 0, com 6/4 e 6/2, o paulistano vê o fim de uma série de 17 vitórias em torneios da temporada de saibro.   A seqüência invicta do brasileiro foi marcada pela conquista de três títulos - em Florianópolis, Túnis e Rabat - e o levou ao grupo dos 100 melhores tenistas do mundo pela primeira vez na carreira. Com 504 pontos, Bellucci é o 81.º no ranking desta semana. Na próxima, com 520, deve ficar próximo do 75.º lugar.   O bom momento do jovem de 20 anos, canhoto, nascido em Tietê, o colocará na próxima segunda-feira como o número 1 do Brasil. Ele deve conquistar a primeira posição, também, na divisão dos cabeças-de-chave para a disputa do qualifying de Roland Garros, onde tenta chegar à chave principal, fazendo companhia aos compatriotas Gustavo Kuerten, convidado pela organização e Marcos Daniel - de quem tirou o posto de melhor do País.   Caso alcance uma vaga entre os 128 tenistas do torneio parisiense, Bellucci ficará próximo de outro objetivo que até o início do ano parecia impossível: a Olimpíada de Pequim. A chave olímpica terá 56 atletas escolhidos pelo ranking. Mas estima-se que, devido à limitação de jogadores por país e a desistências, um tenista que esteja próximo da 75.ª posição terá lugar na China.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.