Tsonga sofre, mas confirma favoritismo contra russo na estreia em Madri

Tenista suou diante do russo Andrey Kuznetsov, mas levou a melhor ao vencer por 2 sets a 1

Estadao Conteudo

08 Maio 2017 | 20h30

O francês Jo-Wilfried Tsonga teve muito trabalho, mas estreou com vitória no Masters 1000 de Madri nesta segunda-feira. Cabeça de chave número 10 no saibro espanhol, o tenista suou diante do russo Andrey Kuznetsov, mas levou a melhor ao vencer por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/5), 6/7 (5/7) e 7/5.

Número 11 do mundo, Tsonga possui ranking bem melhor que Kuznetsov, 82.º e que saiu do qualifying em Madri, mas nesta segunda esta diferença ficou apenas na teoria. Em um duelo extremamente equilibrado, o francês conseguiu a única quebra de saque da partida já no terceiro set, o suficiente para arrancar a suada vitória.

Agora, Tsonga terá pela frente tarefa teoricamente mais complicada na segunda rodada. Ele vai encarar o experiente espanhol David Ferrer, número 30 do mundo, que arrancou uma difícil vitória de virada diante do casaque Mikhail Kukushkin por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 7/6 (7/1) e 6/4.

Outro cabeça de chave que levou a melhor nesta segunda foi o australiano Nick Kyrgios. Listado como 16.º favorito do torneio, ele superou problemas físicos ao longo da partida para eliminar o cipriota Marcos Baghdatis ao vencer por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/1) e 6/4.

Kyrgios agora espera para conhecer seu adversário na segunda rodada em Madri, que pode até ser seu compatriota Bernard Tomic. O australiano estreia nesta terça-feira diante do norte-americano Ryan Harrison.

Ainda nesta segunda, o norte-americano Jared Donaldson, número 78 do mundo, derrotou o francês Adrian Mannarino, 50.º do ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3. Agora, Donaldson será o adversário do austríaco Dominic Thiem, oitavo cabeça de chave em Madri.

Já o espanhol Feliciano López bateu com um duplo 6/4 o norte-americano Ernesto Escobedo na estreia. Agora, o número 38 do mundo vai encarar o francês Gilles Simon, 32.º do ranking.

FEMININO

Na chave feminina do Torneio de Madri, a dinamarquesa Caroline Wozniacki foi surpreendida e caiu logo na segunda rodada, nesta segunda-feira. Ela não resistiu à espanhola Carla Suárez Navarro, que levou a melhor por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 2/6 e 6/2.

Cabeça de chave número 10, Wozniacki viu sua trajetória na Espanha acabar mais cedo diante de uma inspirada adversária. Suárez Navarro, 24.ª colocada do ranking, espera para conhecer sua rival nas oitavas de final, que sairá do confronto entre a norte-americana Coco Vandeweghe e a alemã Laura Siegemund.

Mais conteúdo sobre:
Tênis tênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.