1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Wimbledon poderá ter semifinal entre Andy Murray e Djokovic

Agência Estado

20 Junho 2014 | 09h 09

A organização de Wimbledon realizou nesta sexta-feira o sorteio das chaves do Grand Slam, que começará na próxima segunda-feira. E o torneio masculino poderá ter a reedição da decisão do ano passado nas semifinais. O vencedor de 2013, Andy Murray, e o cabeça de chave número 1 da competição em 2014, Novak Djokovic, poderão se enfrentar nesta fase do torneio.

No ano passado, Murray levou a melhor sobre Djokovic na final e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 7/5 e 6/4, conquistando o título de Wimbledon pela primeira vez. Na ocasião, ele ainda se tornou o primeiro britânico a vencer este Grand Slam desde 1936, quando Fred Perry foi campeão.

Como manda a tradição, Murray será o primeiro a pisar na quadra central na segunda-feira para duelar com o belga David Goffin, número 104 do mundo e que tem bons resultados apenas no saibro. Durante sua caminhada na defesa do título, o atual número 5 do mundo pode ter nomes como Kevin Anderson e Fabio Fognini até as quartas de final, quando poderá enfrentar Grigor Dimitrov, Alexandr Dolgopolov ou o cabeça de chave número 7, o espanhol David Ferrer.

Alastair Grant/AP
Djokovic pode fazer semifinal em Wimbledon com Murray

Já Djokovic, que é número 2 do mundo mas cabeça de chave número 1 graças às regras especificas de Wimbledon, tem chave teoricamente mais difícil e estreia contra Andry Golubev, número 54 do mundo. Radek Stepanek e Vasek Pospisil estão no caminho do sérvio até as oitavas, na qual já poderá ter pela frente Jo-Wilfried Tsonga ou Mikhail Youzhny. Nas quartas, o chaveamento prevê um possível duelo com Tomas Berdych, número 6 do mundo.

Número 1 do ranking, Rafael Nadal tenta esquecer a decepção do ano passado, quando caiu na estreia. Ele iniciará sua caminhada contra Martin Klizan. Se passar, poderá ter pela frente nomes como Lukas Rosol, Ivo Karlovic, Gael Monfils e Richard Gasquet até as quartas de final. O canadense Milos Raonic e o japonês Kei Nishikori, se confirmarem o favoritismo, são os principais candidatos a duelarem com o espanhol nesta fase do torneio.

Nas semifinais, Nadal poderá ter pela frente o cabeça de chave número 4, Roger Federer. O suíço tem um dos chaveamentos mais difíceis entre os favoritos. Ele tem adversários teoricamente tranquilos nas primeiras rodadas, como Paolo Lorenzi, Julien Benneteau, Marcel Granollers e Jerzy Janowicz. Nas quartas, no entanto, pode duelar com seu compatriota Stanislas Wawrinka, terceiro no ranking da ATP. Outras possibilidades são o norte-americano John Isner e o russo Dmitry Tursunov.

DUPLAS

Na chave de duplas, os quatro brasileiros que disputarão o torneio também conheceram nesta sexta seus adversários na estreia. Cabeças de chave número 2, Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya terão pela frente na primeira rodada o bielo-russo Max Mirnyi e o russo Mikhail Youzhny, conhecidos pelo forte saque. Já na terceira rodada, poderão duelar com outro brasileiro, André Sá, que estreia ao lado do croata Mate Pavic contra o filipino Treat Huey e o britânico Dominic Inglot, cabeças de chave número 10.

Do outro lado da chave, Marcelo Melo e o austríaco Julian Knowle, cabeças de chave número 9, estreiam contra os alemães Martin Emmrich e Christopher Kas. Eles também poderão ter um brasileiro pela frente na terceira rodada caso Marcelo Demoliner e seu parceiro indiano, Purav Raja, cheguem até lá. A estreia será diante do colombiano Juan Sebastian Cabal e do polonês Marcin Matkowski, cabeças de chave número 15.