Issei Kato/Reuters
Issei Kato/Reuters

Wozniacki, Svitolina e Ostapenko sofrem, mas avançam à 3ª rodada na Austrália

Após eliminar Venus Williams na estreia, a suíça Belinda Bencic perdeu para a tailandesa Luksika Kumkhum

Estadão Conteúdo

17 Janeiro 2018 | 09h34

A quarta-feira não foi fácil em Melbourne para as favoritas que entraram em quadra pelo Aberto da Austrália. Ainda que tenham vencido, a dinamarquesa Caroline Wozniacki, a ucraniana Elina Svitolina e a letã Jelena Ostapenko precisaram jogar três sets no segundo compromisso delas no primeiro Grand Slam da temporada.

+ Djokovic admite reunião entre jogadores, mas nega proposta de boicote

Ex-número 1 do mundo, Wozniacki, a atual segunda colocada no ranking da WTA, salvou dois match points e ficou em quadra por 2 horas e 34 minutos para definir o seu triunfo sobre a croata Jana Fett, 119ª colocada no ranking da WTA, por 3/6, 6/2 e 7/5.

Wozniacki sofreu com seu saque no primeiro set, o tendo perdido três vezes e só tendo convertido um break point. A situação se inverteu na segunda parcial, o que levou a dinamarquesa a igualar o placar. Só que Fett abriu 5/1 no set de desempate, teve dois match-points, mas permitiu a reação da número 2 do mundo, que venceu seis games seguidos para assegurar a sua vaga na terceira rodada do Aberto da Austrália.

A próxima rival de Wozniacki em Melbourne vai ser a holandesa Kiki Bertens (32ª), que superou, nesta quarta, a norte-americana Nicole Gibbs por 7/6 e 6/0.

Svitolina também passou um susto nesta quarta. A número 4 do mundo teve um início de jogo irregular, mas depois reagiu para bater a checa Katerina Siniakova, 59ª colocada no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/2 e 6/1, em 2 horas e 17 minutos.

Em Melbourne, Svitolina joga embalada pela conquista do Torneio de Brisbane. E agora ela terá pela frente uma tenista que já fez história no Aberto da Austrália. Com apenas 15 anos, a também ucraniana Marta Kostyuk se tornou a jogadora mais jovem desde Martina Hingis em 1996 a alcançar essa etapa do evento.

Kostyuk é apenas a número 521 do mundo, mas a número 2 do ranking juvenil, tendo sido campeã nessa categoria no ano passado no Aberto da Austrália. Nesta quarta, ela passou pela australiana Olga Rogowska (168ª) por 6/3 e 7/5.

Ostapenko, a número 7 do mundo, derrotou a chinesa Ying Duan, 100ª colocada, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/4. A campeã de Roland Garros fechou o jogo com 35 winners e dez aces. Na terceira rodada, a sua rival será a estoniana Anett Kontaveit (33ª), que fez 6/3, 4/6 e 6/3 na alemã Mona Barthel.

Após eliminar a norte-americana Venus Williams na estreia, a suíça Belinda Bencic (78ª) decepcionou nesta quarta-feira ao perder para a tailandesa Luksika Kumkhum (124ª) por 6/1 e 6/3. A croata Petra Martic será a próxima rival da tenista asiática em Melbourne.

Em outros jogos desta quarta-feira pela chave feminina do Aberto da Austrália, a francesa Alize Cornet, a checa Denisa Allertova, a polonesa Magda Linette, a estoniana Kaia Kanepi, a ucraniana Katerina Bondarenko e a eslovaca Magdalena Rybarikova venceram e se garantiram na terceira rodada do Aberto da Austrália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.