1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Bruno Senna voltará a disputar o Mundial de Endurance em 2016

- Atualizado: 03 Fevereiro 2016 | 14h 39

Brasileiro será um dos pilotos da RGR Sport by Morand

O brasileiro Bruno Senna está de volta ao Mundial de Endurance, disputada por protótipos esportivos e carros de turismo. Nesta quarta-feira, a RGR Sport by Morand anunciou que ele será um dos pilotos da equipe na temporada 2016, também composta pelo mexicano Ricardo Gonzalez e pelo português Filipe Albuquerque.

Em 2014, Bruno Senna participou pela última vez do Mundial de Endurance na categoria GT Pro pelo time oficial da fábrica Aston Martin em duas provas. Mas seu melhor desempenho foi em 2013, quando inclusive venceu duas provas, em Silverstone e no Circuito das Américas.

Brasileiro correrá com o Ligier JS P2-Nissan da RGR Sport by Morand
Brasileiro correrá com o Ligier JS P2-Nissan da RGR Sport by Morand

Agora ele está de volta ao mundo do protótipos, com a estreia marcada para 17 de abril, quando vai ser disputada as 6 Horas de Silverstone, na abertura do campeonato, quando os três pilotos vão se revezar ao volante do Ligier JS P2-Nissan.

"Estou muito animado com esta volta ao Mundial de Endurance numa categoria supercompetitiva como a LMP2. É uma oportunidade fantástica correr ao lado do Gonzalez e do Albuquerque. Tenho certeza que podemos brigar por vitórias com o carro preparado pela Morand. Não vejo a hora de chegar à primeira corrida", disse Bruno Senna.

A confirmação de que vai competir no Mundial de Endurance deixará o ano de 2016 ainda mais cheio para Bruno Senna, que também estará no Blancpain Sprint Series, disputado por carros de gran turismo como piloto titular da McLaren.

Além disso, ele também participa da temporada 2015/2016 da Fórmula E, disputada por monopostos movidos a energia elétrica. A próxima etapa será neste sábado, em Buenos Aires. Bruno Senna ocupa a 11ª colocação após a disputa de três corridas.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX