1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

GP do Brasil inicia venda de ingressos com novidade

- Atualizado: 18 Março 2016 | 13h 56

Temporada da F-1 começa neste fim de semana, na Austrália

A organização do GP do Brasil de Fórmula 1 anunciou nesta sexta-feira que os ingressos para a corrida deste ano começarão a ser comercializados a partir da próxima semana. O fã da categoria que quiser acompanhar a prova que acontecerá no dia 13 de novembro terá algumas novidades na comercialização.

A venda das entradas continua sendo realizada através do site www.gpbrasil.com.br, mas ele está de cara nova, com novo desenho. De acordo com a organização, as mudanças serviram para deixar o "acesso fácil para a aquisição". Esta também será a primeira vez que os ingressos poderão ser adquiridos com pagamento através do cartão de débito.

GP do Brasil de Fórmula 1 será disputado no dia 13 de novembro
GP do Brasil de Fórmula 1 será disputado no dia 13 de novembro

A organização explicou que também vai manter os benefícios da área VIP. Assim como no ano passado, quem adquirir os bilhetes para esse local terá direito a refeições e visitação aos boxes nos três dias do evento. Os outros setores da área VIP também possuem visitas escalonadas aos boxes de Interlagos. O GP da Fórmula 1 será o penúltimo da mais longa temporada da história da categoria, com 21 provas. Nos últimos anos, os alemães iniciaram uma supremacia em Interlagos, já que o país ficou com a vitória em 2013, com Sebastian Vettel, 2014 e 2015, com Nico Rosberg.

PREÇOS

Setor G - R$ 570 - três dias

Setor Q - R$ 570 - três dias

Setor A - R$ 770 - três dias

Setor M* - R$ 1.580 - três dias

Setor B ** - R$ 2.860 - três das

* arquibancada coberta / ** alimentação inclusa

Área VIP Individual / 3 Dias

Orange Tree Club - R$ 4.270

Interlagos Club - R$ 6.280

Premium Paddock Club – Star Lounge - R$ 14.400

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX